25 de mai de 2009

As Sementinhas

Teatro Infantil

Narrador: Viviam, embaixo da terra, numa casinha toda fechada, algumas sementinhas bem pequeninas.
Elas se encontravam no silêncio e na escuridão. Só queriam ficar dormindo...
Um dia ouviram um barulho forte:
" Pique-ploque! plique-ploque!
Acordaram Assustadas:
Primeira S.: O que foi isso? Tem alguém ai!
Segunda S.: Quem está fazendo esse plique-ploque
aí fora?
Chuva: Sou eu sementinhas. Vim refrescá-las e dar-lhes força para sairem daí debaixo da terra.
Terceira: Sentimos muito, mas só queremos dormir sossegadas.
Chuva: Mas eu viajei montes e vales só para ver vocês. Por favor, deixem-me entrar!
Quarta S.: Não, não, não. Temos medo, não queremos que ninguém entre aquí.
Quinta S.: Agora, Dona chuva, por favor vá embora e deixe a gente dormir.
Chuva: Está bem, eu vou. Mas vou voltar qualquer dia. Até logo sementinhas.
Todas: Até logo, dona chuva.

Narrador: As sementinhas voltaram a dormir, deram graças a Deus pela chuva ter ido embora. E as sementinhas ficaram no silêncio e na escuridão. E, se passou muito tempo...
Um dia elas ouviram outro barulhinho:
Vento(soprando com força) - Uh... uuuuh...
Quinta S. (assustadas): Ai, o que é isso!
Primeira S. (tentando ser valente): Quem está aí?
Vento: Sou eu. o vento, sementinhas!. Cheguei ventando hoje mesmo e já estou aquí para visitar vocês.
Quinta S.: Sentinos muito, mas nunca recebemos visitas. Por favor vá embora.
Vento: Mas eu posso fazer vocês crescerem se sairem para fora da terra.
Todas: Não, não, não.
Quinta S.: queremos ficar aquí mesmo, não queremos crescer.
Quarta S; Agora, tenha a bondade de ir embora e nos deixar dormir.
Narrador: O vento foi embora ventando triste. Disse que voltaria outro dia. As sementinhas deitaram-se novamente. Finalmente adormeceram. Mas não durou muito e começaram a sentir muito calor. O calor era tanto que acabaram acordando:
Terceira S.: Por que estou sentindo tanto calor? (todas se abanam)
Sol: Sementinhas!
Segunda S.: Chi, outro na nossa porta!
Primeira S.: Quem está aí?
Sol: eu sou o Sol, sementinhas. Vim visitar vocês!
Primeira S.: Nós ja dissemos para a chuva e para o vento e agora dizemos para você : nóos nuunca recebeemos visitas!
Sol: Mas nós só queremos ajudar vocês. se continuarem dormindo voc~es vão secar e se despedaçar. Queremos que vocês vivam e cresçame se transformemem lindas flores na superfície da terra.
Chuva: Abram a porta sementinhas!
Todas: Não, Não!
Sol: (severo): Sementinhas, ouçam bem: a mãe terra nos encarregou de criar vocês.E vocês sabem que devem obedecer sua mãe( as sementinhas olham umas para as outras e fazem sinal que sim com a cabeça.Levantam-se com medo):
Segunda sementinha: Está bem po... podem entrar.( o sol se aproxima, a chuva e o vento também.As sementinhas com medo de olhar fecham os olhos)
Terceira Sementinha(ainda com os olhos fechados): Não, não, não nos obrigue a sair de nossa casinha aconchegada!
Sol: Vocês terão uma casa muito maior e mais bonita.(Eles fazem as sementinhas, subir a escada colocando-as em fila).
Por favor , parem de tremer sementinhas. Eu vou conservá-las bem quentinhas.
Chuva: E se vocês ficarem com muito calor, por causa dos raios do sol, eu virei refrescá-las com as minhas gôtas brilhantes.
Vento: E eutambém, vou refrescá-las com minhas brisas mais suaves.
Sol: Abram os olhos sementinhas.Olhem em volta de vocês. (música: sementinhas - as sementinhas lentamente começam a abrir os olhos e a examinar tudo ao seu redor. Devagarinho elas começam a
sorrir).
Primeira Sementinha: Ah! Que terra mais linda!
Sol: Agora vocês não vão querer voltar mais para sua casinha, vão?
Todas Sementinhas: Não, não, não!
Narrador: As sementinhas transformam-se em plantas floridas.(arrancam os aventais pardos ).
Todas(cantando): (rítmo da música ciranda, cirandinha):
Nós queríamos dormir
Lá embaixo, sossegadas,
Mas agora nós dançamos,
Muito alegres, acordadas.

É gostoso ser semente,
E dormir bem escondida,
Mas é mais gostoso ainda
Ser florzinha colorida.

Ciranda, cirandinha
Vamos todos cirandar,
Vamos dar a meia volta,
Volta e meia vamos dar!

Fonte: http://www.catequisar.com.br/texto/teatro/ind.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que a paz do Menininho Jesus esteja em coração! Obrigada pela visita e pelo seu comentário!

Obs: Se você escolher a opção Anônimo, no final não esqueça de colocar o seu nome! Abraço Fraterno!!