27 de abr de 2016

Novena de Pentecostes - 6º dia

ESPÍRITO SANTO DOM DE DEUS

Para todos os dias
1 - Canto
2 - Oração ao Espírito Santo (abaixo)
3 - Leitura Bíblica
4 - Partilha
5 - Atividade
6 - Canto 
7 - Oração final (abaixo)

LEITURA BÍBLICA - Romanos 5, 1-5

Depois que Jesus foi glorificado (preso, julgado, morto e ressuscitado), o Espírito Santo foi dado a todos os que ouvem o chamado do Senhor nosso Deus. O Pai e o Filho nos dão o Espírito Santo, agora Ele vem para estar em nós (Acaso não sabeis que sois templo do Espírito?, cf. 1Cor 3,16), vem pra estar eternamente conosco (cf. Jo 14,16), pela graça de Deus, não porque merecemos. Recebemos o Espírito Santo em nosso batismo como dom.
O Espírito Santo pode se apresentar de várias maneiras. Algumas das maneiras que Ele pode se apresentar são:


A água do Batismo, novo nascimento: “água viva” que jorra de Cristo crucificado como de sua fonte e que em nós jorra em Vida Eterna.
O fogo: simboliza a energia transformadora dos atos do Espírito Santo. “Não extingais o Espírito” (1Ts 5,19).
A nuvem:  manifestação do Espírito Santo desde o Antigo Testamento.
O vento: Atos 2:2 – Jesus falou do vento como símbolo do Espírito Santo. O vento é invisível, porém é real, mesmo não podendo tocar, nem compreender, nós o sentimos. (João 3:8). A sua ação independe de determinação humana, assim também é o Espírito Santo.
O dedo: “Mas se expulso os demônios pelo dedo de Deus, certamente é chegado a vós o Reino de Deus. (Lc 11, 20)”. A Lei de Deus foi escrita em tábuas de pedra “pelo dedo de Deus” (Ex 31,18),.
A pomba: Desceu sobre Jesus no batismo do Jordão em forma de pomba.


ATIVIDADE: Imprima em papel 180gr (grosso) e dê para as crianças recortarem e montarem



---------------------------------------------

ORAÇÃO AO ESPÍRITO SANTO

“Vinde, Espírito Santo!

Envia do alto do Céu teus raios de luz!

Vinde, Pai dos pobres, fonte de tudo o que é bom, luz dos corações!

Vinde, Consolador e conforto dos corações, doce hóspede da alma!

Vinde, descanso para nosso cansaço, calmante para nossos impulsos,

alívio para nossos sofrimentos!

Ó, Luz da felicidade, preencha totalmente nossos corações!

Sem a sua ajuda, nada podemos fazer, nada produzimos de bom!

Lavai nossas sujeiras, inundai nossa aridez, curai nossas feridas!

Amolecei as durezas, fortalecei nossas fraquezas, corrigi os nossos erros!

Dai a nós, vossos fieis, que confiamos em Vós, os teus 7 dons sagrados,

teus frutos e teus carismas!
Dá-nos o merecimento da virtude, o troféu da salvação”



ORAÇÃO FINAL


“Espírito Santo, amor do Pai e do Filho!
Inspirai-me sempre aquilo que devo pensar,
Aquilo que devo dizer, como devo dizê-lo,
Aquilo que devo fazer, como devo fazê-lo,
Para a glória de Deus, o bem das almas e minha própria santificação.
Espírito Santo dai-me inteligência para entender,
Capacidade de reter, método e sabedoria de aprender,
Sutileza para interpretar, graça e eficácia de falar.
Dá-me certeza no início, direção para seguir em frente e perfeição ao acabar.
Vem morar em meu coração!
Faz de mim uma criança cheia de seus dons e de seus frutos!
Quero ser seu amigo(a), fica comigo!”
Amém!




25 de abr de 2016

Novena de Pentecostes - 5º dia

A CATEQUESE DE JESUS SOBRE O ESPÍRITO SANTO

Para todos os dias
1 - Canto
2 - Oração ao Espírito Santo (abaixo)
3 - Leitura Bíblica
4 - Partilha
5 - Atividade
6 - Canto 
7 - Oração final (abaixo)

LEITURA BÍBLICA - João 14, 12-17
Antes da sua ascensão ao Céu, Jesus nos prometeu que não ficaríamos sozinhos, pois Ele nos enviaria o Espírito Santo. O Espírito Santo nos ajuda em nossa caminhada rumo ao Céu, fazendo com que conheçamos Jesus e vivamos como Ele viveu. O Espírito Santo já está em nós desde o dia que fomos batizados, mas precisamos querer, deixar que Ele transforme nosso coração, nos ensine a ser melhores, a amar como Jesus amou. Jesus prometeu que mandaria o Espírito Santo e cumpriu essa promessa no nosso batismo. Depois da ascensão de Jesus, o Espírito Santo continua a obra de salvação que Jesus começou TESTEMUNHANDO sobre Ele. Não está mais conosco, mas EM NÓS. E não por algum tempo, mas ETERNAMENTE. Ele nos recordará as palavras e os gestos de Jesus.

ATIVIDADE:
Pintar, recortar e montar 

 

Cartões para o Dia das Mães

Fácil de fazer, e com certeza, uma grande surpresa para as mamães! Você pode imprimir e deixar que as crianças montem conforme a foto do inicio das postagem, e depois escrevam, ou coloquem um bilhete com dizeres lindos para a mãe. Ou ainda fazer um lindo jardim de flores!




GOI Querigma da Misericórdia: Comunidade


Responsáveis: Daniela Lopes / Graziela - Uberlândia/MG

Acolhida: Acolher as crianças com alegria, cantar cantos animados. Entregar a vida e a semana nas mãos de Deus. Rezar uma dezeninha usando um flanelógrafo. 

Louvor: Material – uma imagem de Jesus misericordioso. Gotas de sangue e água com palavras para o louvor.
Louvar é engrandecer o Senhor, é elogiar. É aplaudir, é parabenizar, é falar bem de alguém. É engrandecer e exaltar. O louvor é a manifestação do coração admirado. Quando o Espírito Santo é derramado; quando se manifesta, os corações inflamam e o mesmo Espírito os impele e move ao louvor de glorificação a Deus. 
Cada vez que louvamos o olhar de Deus se inclina sobre os nossos corações. (No louvor da misericórdia tentamos ensinar as crianças a louvarem a Jesus por tudo nele ligado ao amor e a misericórdia). 
Crianças vamos louvar? Cada criança que for louvar pega em uma caixinha uma gota da misericórdia e louva por aquilo que está nela. Depois prega ao lado da imagem. Exemplo: Senhor eu quero te louvar porque és misericórdia... és amor...és carinho...és doçura...és compaixão....és fiel... porque não nos abandona.... porque nos perdoa....porque deu a vida para nos salvar...Em cada louvor os evangelizadores podem ir acrescentando palavras e motivações para o louvor. 
Efusão: Vamos clamar o Espírito Santo com alegria. Se quiser pode usar o semáforo da semana passada para relembrar o que o Espírito Santo representa e estimular a efusão.

Reflexão para o pregador - Viver em comunidade é atender o apelo da misericórdia. Que sejamos permeados de misericórdia para ir ao encontro de todas as pessoas levando-lhes a bondade e a ternura de Deus. O perdão das ofensas torna-se a expressão mais evidente do amor misericordioso. É na comunidade que aprendemos a amar, a perdoar, a ser misericórdia. É lá que temos que achar tempo para olhar para os irmãos, cuidar das suas fraquezas e dificuldades.
Material- Menino rezando por outro e ao lado um alimento, uma roupa, um brinquedo e um coração que representa o amor e o perdão.

Pregação
Como é bom estarmos aqui reunidos em comunidade para vivermos juntos mais um dia. Olha quantos amiguinhos temos aqui hoje. Todos aqui são iguais? Não. Mas todos são filhos muito amados de Deus. Imagine se um de nós fosse morar numa montanha bem alta, bem longe, num lugar onde ninguém pudesse chegar. Ali ele ficaria sozinho. Alguns de vocês podem até pensar: ai que bom, ninguém pra encher minha paciência... mas ali bem longe e sozinho você teria com quem partilhar e contar porque de sua tristeza ou felicidade? Não, porque estará sozinho. Com quem falar se não tenho ninguém para isso? Pra que saber andar ou movimentar as mãos se não tem com quem brincar? É por isso que vivemos em comunidade. Somos filhos amados de Deus e criados com características diferentes. A comunidade é o lugar onde podemos ser imitadores de Cristo. Cristo é pura misericórdia para conosco então devemos também ser praticantes dessa misericórdia com o outro.
É na comunidade que aprendemos a suportar o outro com suas qualidades e defeitos. Aprendemos a amar, a perdoar, a respeitar o outro.
Nós podemos em comunidade exercer o perdão, exercer o amor e a misericórdia. Você já brigou com um colega e depois se arrependeu? Não foi bom pedir desculpas e voltar a ser amigo dele de novo? Como é bom ter com quem dividir e partilhar os sonhos, as brincadeiras, as tarefas.Quando fazemos isso estamos exalando o perfume de Deus que existe em nós. Ainda podemos rezar pelo irmão que necessita, dividir o que temos como por exemplo nosso alimento, nossos brinquedos. Quantas vezes temos de tudo e nem usamos enquanto tantas crianças passam fome ou sonham em ter um brinquedo como o nosso, que nós nem ligamos. Tem gente que não tem caderno, lápis de cor, sapato, roupas e nem cobertor. Nós que temos podemos partilhar. Não é dar para desocupar o guarda roupa. Não é dar o que está estragado ou rasgado; é partilhar daquilo que temos com quem não tem.
Acolher o outro que chega em nossa casa, em nossa escola, na nossa igreja. Você já mudou de escola ou conhece alguém que já fez isso? É ruim chegar em um lugar onde você não conhece ninguém. Tudo é estranho. Aí está mais uma oportunidade de sermos comunidade acolhendo aquele que está chegando. Podemos ofertar a ele um pouquinho do nosso tempo, podemos ouvi-lo.
Viver em comunidade é exercer a misericórdia de Deus em nós em favor do outro. . É lá que temos a oportunidade de sermos melhores. Ser misericórdia para o outro é deixar Deus habitar em nossos corações.

24 de abr de 2016

JUBILEU DOS ADOLESCENTES - HOMILIA DO PAPA FRANCISCO

JUBILEU EXTRAORDINÁRIO DA MISERICÓRDIA


HOMILIA DO PAPA FRANCISCO
Praça São Pedro
Domingo, 24 de Abril de 2016



«Por isto é que todos conhecerão que sois meus discípulos: se vos amardes uns aos outros» (Jo 13, 35).

Queridos adolescentes, que grande responsabilidade nos confia hoje o Senhor! Diz-nos que as pessoas reconhecerão os discípulos de Jesus pelo modo como se amam entre si. Por outras palavras, o amor é o bilhete de identidade do cristão, é o único «documento» válido para sermos reconhecidos como discípulos de Jesus. O único documento válido. Se este documento perde a validade e não se volta a renová-lo, deixamos de ser testemunhas do Mestre. Por isso vos pergunto: Quereis acolher o convite de Jesus para ser seus discípulos? Quereis ser seus amigos fiéis? O verdadeiro amigo de Jesus distingue-se essencialmente pelo amor concreto; não um amor «nas nuvens», não; o amor concreto que brilha na sua vida. O amor é sempre concreto. Quem não é concreto e fala de amor, faz uma telenovela, um romance televisivo. Quereis viver este amor que Ele nos dá? Quereis ou não? Procuremos então frequentar a sua escola, que é uma escola de vida, para aprender a amar. E este é um trabalho de todos os dias: aprender a amar.

Antes de mais nada, amar é belo, é o caminho para sermos felizes. Mas não é fácil: é exigente, requer esforço. Pensemos, por exemplo, quando recebemos um presente: isto torna-nos felizes; mas, para preparar aquele presente, houve pessoas generosas que dedicaram tempo e esforço; e, assim, dando-nos algo de presente, deram-nos também um pouco de si mesmas, algo de que souberam privar-se. Pensemos também na prenda que vos deram os vossos pais e animadores, permitindo-vos vir a Roma para este Jubileu que vos é consagrado. Projetaram, organizaram, prepararam tudo para vós: e isto dava-lhes alegria, embora tenham talvez renunciado a uma viagem para eles. Esta é a dimensão concreta do amor. De fato, amar quer dizer dar... e não só coisas materiais, mas algo de nós mesmos: o próprio tempo, a própria amizade, as próprias capacidades.

Olhemos para o Senhor, que é imbatível em generosidade. D'Ele recebemos tantos dons, e todos os dias deveremos agradecer-Lhe... Gostaria de vos perguntar: Agradeceis ao Senhor todos os dias? Mesmo que nos esqueçamos, Ele não Se esquece de nos oferecer cada dia um dom especial; não se trata de um presente que se possa ter materialmente nas mãos e usar, mas de um dom maior, um dom para a vida. Que nos oferece o Senhor? Oferece-nos uma amizade fiel, dom de que nunca nos privará. O Senhor é o amigo para sempre. Mesmo se O decepcionas e te afastas d'Ele, Jesus continua a amar-te e a permanecer junto de ti, continua a crer em ti mais de quanto crês tu em ti próprio. Esta é a dimensão concreta do amor que Jesus nos ensina. E isto é muito importante! Pois a principal ameaça, que impede de crescer como se deve, é ninguém se importar contigo – e isto é triste -, é quando sentes que te deixam de lado. Ao contrário, o Senhor está sempre contigo e sente-Se contente em estar contigo. Como fez com os seus jovens discípulos, fixa-te nos olhos e chama-te para O seguir, «fazer-te ao largo» e «lançar as redes» confiado na sua palavra, ou seja, a pôr a render os teus talentos na vida, juntamente com Ele, sem medo. Jesus espera pacientemente por ti, aguarda uma resposta, espera o teu «sim».

Queridos adolescentes, na vossa idade, surge também em vós, de modo novo, o desejo de vos afeiçoardes e de receberdes afeto. Se fordes assíduos à escola do Senhor, Ele ensinar-vos-á a tornar mais belos também o afeto e a ternura. Colocar-vos-á no coração um intuito bom: querer bem sem me apoderar, amar as pessoas sem querer possuí-las, mas deixando-as livres. Pois o amor é livre! Não existe verdadeiro amor que não seja livre! É a liberdade que nos deixa o Senhor, quando nos ama. Ele sempre está perto de nós. De fato, existe sempre a tentação de poluir o afeto com a pretensão instintiva de agarrar, «possuir» aquilo de que se gosta; e isto é egoísmo. A própria cultura consumista agrava esta tendência. Mas, se se aperta muito uma coisa, esta mirra-se, estraga-se: depois fica-se decepcionado, com o vazio interior. Se ouvirdes a voz do Senhor, revelar-vos-á o segredo da ternura: cuidar da outra pessoa, o que significa respeitá-la, protegê-la e esperar por ela. E essa é a dimensão concreta da ternura e do amor.

Nestes anos de juventude, sentis também um grande desejo de liberdade. Muitos dir-vos-ão que ser livre significa fazer aquilo que se quer. Mas a isto é preciso saber dizer não. Se tu não sabes dizer não, não és livre. Livre é aquele que sabe dizer sim e sabe dizer não. A liberdade não é poder fazer sempre aquilo que me apetece: isto torna-nos fechados, distantes, impede-nos de ser amigos abertos e sinceros; não é verdade que, quando eu estou bem, tudo está bem. Não, não é verdade. Ao contrário, a liberdade é o dom de poder escolher o bem: esta é a liberdade. E é livre quem escolhe o bem, quem procura aquilo que agrada a Deus, ainda que custe; não é fácil. Mas penso que vós, jovens, não tendes medo dos esforços, sois corajosos! Só com opções corajosas e fortes é que se realizam os sonhos maiores, os sonhos pelos quais vale a pena gastar a vida. Opções corajosas e fortes. Não vos contenteis com a mediocridade, com «deixar correr» ficando acomodados e sentados; não vos fieis de quem vos distrai da verdadeira riqueza que sois vós, dizendo que a vida só é bela se se possuir muitas coisas; desconfiai de quem quer fazer-vos crer que valeis quando vos mascarais de fortes, como os heróis dos filmes, ou quando vestis pela última moda. A vossa felicidade não tem preço, nem se comercializa; não é uma "app" que se descarrega do celular: nem a versão mais atualizada vos poderá ajudar a tornar-vos livres e grandes no amor. A liberdade é outra coisa.

Com efeito, o amor é o dom livre de quem tem o coração aberto; o amor é uma responsabilidade, mas uma responsabilidade maravilhosa, que dura toda a vida; é o compromisso diário de quem sabe realizar grandes sonhos. Ai dos jovens que não sabem sonhar, que não ousam sonhar! Se um jovem, na vossa idade, não é capaz de sonhar, já se aposentou, não serve. O amor nutre-se de confiança, respeito, perdão. O amor não se realiza falando dele, mas quando o vivemos: não é uma poesia suave que se aprende de memória, mas uma opção de vida a pôr em prática! Como podemos crescer no amor? Também nisto o segredo é o Senhor: Jesus dá-Se-nos a Si mesmo na Missa, oferece-nos o perdão e a paz na Confissão. Aí aprendemos a acolher o seu Amor, a assumi-lo, a repô-lo em circulação no mundo. E quando parece exigente amar, quando é difícil dizer não àquilo que é errado, erguei os olhos para a cruz de Jesus, abraçai-a e não largueis a sua mão que vos conduz para o alto e vos levanta quando caís. Na vida, sempre se cai, porque somos pecadores, somos fracos. Mas temos a mão de Jesus que nos ergue, que nos levanta. Jesus quer-nos de pé! Aquela bela palavra que Jesus dizia aos paralíticos: «Levanta-te». Deus criou-nos para estarmos de pé. Existe uma bela canção que os alpinos cantam quando sobem. A canção diz assim: «na arte de subir, importante não é o não cair, mas o não permanecer caído»! Ter a coragem de levantar-se, de nos deixarmos reerguer pela mão de Jesus. E esta mão muitas vezes chega até nós pela mão de um amigo, pela mão dos pais, pela mão daqueles que nos acompanham na vida. O próprio Jesus em pessoa está ali. Levantai-vos! Deus quer-nos de pé, sempre de pé!


Sei que sois capazes de gestos de grande amizade e bondade. Sois chamados a construir o futuro assim: juntamente com os outros e para os outros, jamais contra outro qualquer! Não se constrói «contra»: isto chama-se destruição. Fareis coisas maravilhosas, se vos preparardes bem já desde agora, vivendo plenamente esta vossa idade tão rica de dons, e sem ter medo do esforço. Fazei como os campeões desportivos, que alcançam altas metas treinando-se, humilde e duramente, todos os dias. O vosso programa diário sejam as obras de misericórdia: treinai-vos com entusiasmo nelas, para vos tornardes campeões de vida, campeões de amor! Assim sereis reconhecidos como discípulos de Jesus. Assim tereis o bilhete de identidade de cristãos. E garanto-vos: a vossa alegria será completa. 


23 de abr de 2016

Criança é Futuro?

FONTE: RCC Brasil

Uma das formas mais cruéis de desprezar um ser humano é ignorar sua presença. Como sofrem nossos pequeninos quando se referem a eles como alguém que vai existir e para serem aceitos imprimem como exigência que se comportarem como adultos. É gritante ver crianças cantando músicas que nem sequer sabem o sentido de suas letras. É gritante ver miniadultos vestidos com sensualidade que nem lhe são peculiar. É gritante pais cristãos corrigirem seus filhos dizendo “você parece criança”, como se “ser criança” fosse algo ruim, errado.
Uma coisa é certa, para se conseguir que uma criança fique sentadinha e quietinha por duas horas no Grupo de Oração adulto é preciso matar sua infância. Deus não programou a criança para ser quietinha, no projeto de Deus a infância é alegre, dinâmica, inquieta, expressiva, inocente. “E Jesus crescia em estatura, graça e sabedoria diante de Deus e dos homens”. A atitude dos adultos devem também proporcionar isto na vida de suas crianças.
altVolto à pergunta: Criança é futuro? Na verdade, Jesus fez o caminho inverso, ao invés de dizer às crianças “Vocês são futuro”, Ele diz aos adultos “sejam como a criança”. Para Deus, a infância é um momento privilegiado em que se forma o caráter, a personalidade. Seremos adultos mais ou menos maduros, íntegros, conforme a infância que vivemos.
Ninguém se comunica com a criança sem se remeter à própria infância. Quando um adulto diz à criança “para quieto, menino”, na verdade, está dizendo: “olha o que fizeram comigo quando eu tinha a sua idade”.
 O Ministério para Criança trabalha as crianças e a criança de cada um. Neste sentido, quando um Movimento, uma instituição, uma família, uma grupo, acolhe a criança, na verdade, acolhe a história de cada um. Isto diz de maturidade, de aceitação, de esperança, pois, quando uma criança pega uma sucata, lixo dos adultos e transforma em um brinquedo para evangelizar, está dizendo: “este mundo tem jeito”.
Por que evangelizar os pequeninos?
alt1 - Para cumprir a Palavra de Deus: “Deixai vir a mim as criancinhas, não as impeçais, pois delas é o Reino dos céus” (Mt 19,14); “O perfeito louvor vos é dado pela boca dos pequeninos” (Sl 8,2); “Ensina à criança o caminho que ela deve seguir e mesmo quando velha jamais se desviará dele” (Pv 22,6); Desde a infância conheces a Sagrada Escrituras (II Tm 3,15).
2 - Para estar em comunhão com nossa Igreja: A educação da consciência é uma tarefa de toda a vida. Desde os primeiros anos alerta a criança para o conhecimento e a prática da lei interior reconhecida pela consciência moral. Uma educação prudente ensina a virtude,preserva ou cura do medo, do egoísmo e do orgulho, dos sentimentos de culpabilidade e dos movimentos de complacência, nascidos da fraqueza e das faltas humanas. A educação da consciência garante a liberdade e gera paz no coração(Catecismo Igreja Católica, parágrafo 1784);

22 de abr de 2016

Novena de Pentecostes - 4º dia

O ESPÍRITO DA PROMESSA NO ANTIGO TESTAMENTO

Para todos os dias
1 - Canto (Sugestão - Pede agora o Espírito Santo - CD Um lugar bem legal - Cantinho da Criança)
2 - Oração ao Espírito Santo (abaixo)
3 - Leitura Bíblica
4 - Partilha
5 - Atividade
6 - Canto (Sugestão - Vem, Espírito Santo, vem - CD Ministério para Crianças - Tio Chico)
7 - Oração final (abaixo)


LEITURA BÍBLICA - Ezequiel 36, 24-28

O Espírito Santo é a 3ª pessoa da Santíssima Trindade e por isso sempre existiu junto com o Pai e o Filho. Ele pairava sobre as águas antes da criação do mundo. E durante toda a história do povo de Deus Ele operava através de algumas pessoas e só por um determinado tempo. O Pai prometeu enviar seu Espírito sobre nós e depois da ressurreição e ascensão de Jesus ao Céu a presença e o operar do Espírito Santo seria diferente: Ele viria sobre todos os que fossem batizados e permaneceria em nós.

O Espírito Santo é quem transforma o nosso coração de pedra em um coração de carne!

ATIVIDADE:



Faça ou imprima 2 corações (um de pedra e um de carne), escreva/imprima as palavras: paz, amor, humildade, bondade, perdão, paciência, obediência, fé, alegria, fidelidade, amizade, honestidade... E também: inveja, rancor, orgulho, brigas, palavrões, xingamentos, tristeza, ódio, vingança, mentira...
Recorte as palavras, misture e entregue para as crianças e peça que elas colem a palavra no coração que elas acham que pertence.

------------------------------------------------------------------------------------------

ORAÇÃO AO ESPÍRITO SANTO

“Vinde, Espírito Santo!

Envia do alto do Céu teus raios de luz!

Vinde, Pai dos pobres, fonte de tudo o que é bom, luz dos corações!

Vinde, Consolador e conforto dos corações, doce hóspede da alma!

Vinde, descanso para nosso cansaço, calmante para nossos impulsos,

alívio para nossos sofrimentos!

Ó, Luz da felicidade, preencha totalmente nossos corações!

Sem a sua ajuda, nada podemos fazer, nada produzimos de bom!

Lavai nossas sujeiras, inundai nossa aridez, curai nossas feridas!

Amolecei as durezas, fortalecei nossas fraquezas, corrigi os nossos erros!

Dai a nós, vossos fieis, que confiamos em Vós, os teus 7 dons sagrados,

teus frutos e teus carismas!
Dá-nos o merecimento da virtude, o troféu da salvação”



ORAÇÃO FINAL


“Espírito Santo, amor do Pai e do Filho!
Inspirai-me sempre aquilo que devo pensar,
Aquilo que devo dizer, como devo dizê-lo,
Aquilo que devo fazer, como devo fazê-lo,
Para a glória de Deus, o bem das almas e minha própria santificação.
Espírito Santo dai-me inteligência para entender,
Capacidade de reter, método e sabedoria de aprender,
Sutileza para interpretar, graça e eficácia de falar.
Dá-me certeza no início, direção para seguir em frente e perfeição ao acabar.
Vem morar em meu coração!
Faz de mim uma criança cheia de seus dons e de seus frutos!
Quero ser seu amigo(a), fica comigo!”
Amém!




19 de abr de 2016

Pronta a 3ª apostila


Essa eu preparei com ATIVIDADES: palavras cruzadas, labirinto, caça palavras, desenhos para colorir, jogo da memória, orações ilustradas, mistérios do terço ilustrados, marca páginas, cartão com Consagração, tudo sobre NOSSA SENHORA. Tem até uma boneca de papel para trocar a roupa da Virgem Maria (tem N. Sra. das Graças, de Lourdes, de Guadalupe...)


12 de abr de 2016

Novena de Pentecostes - 3º dia

O ESPÍRITO SANTO É UMA PESSOA

Para todos os dias
1 - Canto (Sugestão - Pede agora o Espírito Santo - CD Um lugar bem legal - Cantinho da Criança)
2 - Oração ao Espírito Santo (abaixo)
3 - Leitura Bíblica
4 - Partilha
5 - Atividade
6 - Canto (Sugestão - Vem, Espírito Santo, vem - CD Ministério para Crianças - Tio Chico)
7 - Oração final (abaixo)


LEITURA BÍBLICA - Atos 13, 1-4

Como já vimos, Deus é sempre um mistério. E, das 3 pessoas, o Espírito Santo parece ser a mais misteriosa de todas. O Espírito Santo é terceira pessoa da Santíssima Trindade, mas Ele é uma pessoa diferente, Ele não tem um rosto. Quando falamos de Deus Pai imaginamos Ele de um jeito, como vocês acham que o Pai é? Quando falamos de Jesus também imaginamos Ele de um jeito, como vocês imaginam que Jesus é? Mas o Espírito Santo é diferente, para falar Dele, a Bíblia usa alguns símbolos, como: água, unção, fogo, nuvem, luz, selo, mão, dedo e pomba (Catecismo da Igreja Católica 694 a 701). Ele FALA conosco (At 1, 16), ORA conosco (Rm 8, 26-27), nos ENSINA (Jo 16, 26), OPERA MILAGRES (At 2, 4), nos GUIA (Rm 8,14) e mais outras coisas que nos mostra o que Ele faz. Já que o Espírito Santo é uma pessoa, precisamos aprender a nos relacionar com Ele como uma pessoa, como nosso amigo. Todos os dias podemos conversar com Ele, pedir pra Ele nos orientar, nos ensinar, nos consolar...

ATIVIDADE:
Colorir e passar cola com glitter na linhas




------------------------------------------------------------------------------------------

ORAÇÃO AO ESPÍRITO SANTO

“Vinde, Espírito Santo!

Envia do alto do Céu teus raios de luz!

Vinde, Pai dos pobres, fonte de tudo o que é bom, luz dos corações!

Vinde, Consolador e conforto dos corações, doce hóspede da alma!

Vinde, descanso para nosso cansaço, calmante para nossos impulsos,

alívio para nossos sofrimentos!

Ó, Luz da felicidade, preencha totalmente nossos corações!

Sem a sua ajuda, nada podemos fazer, nada produzimos de bom!

Lavai nossas sujeiras, inundai nossa aridez, curai nossas feridas!

Amolecei as durezas, fortalecei nossas fraquezas, corrigi os nossos erros!

Dai a nós, vossos fieis, que confiamos em Vós, os teus 7 dons sagrados,

teus frutos e teus carismas!
Dá-nos o merecimento da virtude, o troféu da salvação”



ORAÇÃO FINAL


“Espírito Santo, amor do Pai e do Filho!
Inspirai-me sempre aquilo que devo pensar,
Aquilo que devo dizer, como devo dizê-lo,
Aquilo que devo fazer, como devo fazê-lo,
Para a glória de Deus, o bem das almas e minha própria santificação.
Espírito Santo dai-me inteligência para entender,
Capacidade de reter, método e sabedoria de aprender,
Sutileza para interpretar, graça e eficácia de falar.
Dá-me certeza no início, direção para seguir em frente e perfeição ao acabar.
Vem morar em meu coração!
Faz de mim uma criança cheia de seus dons e de seus frutos!
Quero ser seu amigo(a), fica comigo!”

Amém!