Um milhão de crianças rezando o Rosário

Conheça a campanha: “Um milhão de crianças rezando o Rosário pela união e a paz”.
Um milhão de crianças rezando o RosárioO Conselho Nacional dos Leigos da Venezuela (CNL) realizará, entre nos dias 17, 18 e 19 de Outubro de 2014, mais uma edição da campanha “Um milhão de crianças rezando o Rosário pela união e a paz”1. Trata-se de uma campanha anual, que este ano tem como lema a frase do Papa Francisco: “Levemos Deus ao mundo e o mundo a Deus”2, que ilumina esta jornada de oração. O Conselho Nacional dos Leigos na Venezuela é a organização da Igreja, criada pela Conferência Episcopal Venezuelana, responsável pelo programa “Um milhão de crianças rezando o Rosário pela união e a paz”. Este é um projeto de oração e de evangelização, que incentiva as crianças a se comunicarem com Deus, para aprofundar a fé, adorar, agradecer, pedir perdão pelos próprios pecados, dizer suas necessidades e pedir o Seu auxílio.
O objetivo desta campanha anual é incentivar as crianças e os jovens a rezarem o Terço e, dessa forma, aumentar a devoção e a proximidade com a Santíssima Virgem Maria. Além disso, a campanha visa promover a solidariedade fraterna através da oração, especialmente pelos mais necessitados. Neste ano, somos convidados a unir-nos nesta jornada de oração do Rosário, que se realizará dia 17 nos colégios; dia 18 nas paróquias; e dia 19 em família. Incentivemos as crianças a rezar o Rosário nestes dias, mas também a adquirir o hábito de rezar esta oração mariana todos os dias.

Fanpage

Você que tem conta no Facebook, já curtiu minha página?


Então curte!


Formação em Campinas/SP

Dia 01 de novembro estarei fazendo uma formação em Campinas. Quem quiser participar pode fazer a inscrição na hora, será na Comunidade Jesus te ama com início às 8h e término às 18h. Levar lanche comunitário. Informações com Andrea Alves Reis.
ATENÇÃO!!! QUEM FOR DEVERÁ LEVAR:
- Bíblia, caderno e caneta
- Garrafa pet 600ml (quantas puder)
- Lápis de cor
- Tesoura
- Cola
- 1 folha de E.V.A. (amarelo, preto, vermelho, verde, branco ou azul)
- Brinquedo
(Todo esse material será usado na formação e devolvido no final)



Semana das Crianças: Evangelização através das Idades

Evangelizadores, pais, cuidadores, normalmente apresentam dificuldades relacionadas à idade correta de iniciar a evangelização. Para discorrer sobre este assunto, utilizaremos o material produzido por Hyde Flávia, coordenadora Nacional do Ministério para Crianças,Querigma das Idades lançado pela Editora RCCBRASIL.
Segundo a autora, não existe uma idade correta para começar a evangelização. A Igreja Católica, na cerimônia do Matrimônio, reza pedindo a Deus que abençoe os filhos que nascerem daquela união. Ao dizer o sim, o casal diz sim ao plano de Amor de Deus, um reino de paz, alegria, fidelidade, e bondade. Momento em que rezamos por esta família, pedindo a Deus que manifeste seu Amor “livrando-nos de todos os males” e que “venha a nós o vosso Reino”, assim sendo, estamos preparando um terreno fértil onde Deus poderá plantar muito amor.

Semana das Crianças: Brincadeiras a serviço da evangelização

alt Quando falamos de dinâmicas nos reportamos ao brincar. A brincadeira ocorre primeiramente no plano da imaginação, entretanto para que isto aconteça é preciso apropriar-se de elementos da realidade atribuindo significados. Isto ocorre por meio da articulação entre a imaginação e a imitação da realidade. A brincadeira é uma imitação transformada, no plano das emoções e das ideias, de uma realidade vivenciada anteriormente.
Quando brinca, a criança recria e repensa a sua realidade e ou ações “acontecidas” sabendo que estão brincando. Por meio das brincadeiras, podemos observar e constituir uma visão total da criança, de suas individualidades, assim como a utilização de recursos afetivos e sociais utilizados pela criança. Através do brincar e com o auxílio do evangelizador, a criança elabora de forma pessoal e independente, suas emoções, sentimentos, conhecimentos e regras sociais.
Segundo Elias (2008, Módulo Serviço Apostila: Ministério para as Crianças): "O brincar é uma atividade que deve ser levado a sério. O brincar está para a criança assim como a fala está para o adulto. O brincar é meio eficaz para a estruturação do conhecimento, da afetividade, e da espiritualidade do ser humano. Todas estas dimensões são existentes na criança, o que deve nos levar à consciência de que a infância não é uma lacuna no processo de desenvolvimento.” (Elias 2008, p.37)
Segundo o autor, brincar é uma forma de a criança contar algo de seu mundo interior. Devemos com sensibilidade observar, escutar e decodificar, para inferir nas dificuldades emocionais e de socialização apresentadas pela criança, pois brincar é um meio que a criança utiliza de recursos internos e externos, construindo consciência do mundo que o cerca. É uma atividade que transporta tudo que há em sua volta para a fantasia, portanto não é um passatempo.

Semana das Crianças: Como organizar o Ministério para Crianças?

O Ministério para Crianças acontece a partir do Grupo de Oração para Crianças (GOC). A coordenação do GOC deve estar em unidade com a coordenação do GO de adultos e com a coordenação do Ministério diocesana, estadual e nacional, facilitando assim a orientação, formação e realização de projetos.
Para servir no Ministério para as Crianças só é necessário se sentir chamado. Informações sobre a estrutura do GOC, a evangelização, o evangelizador, a criança e material de apoio já estão disponíveis na Apostila 1 do Módulo Básico do Ministério para Crianças (Adquira aqui). Cursos de formação também são oferecidos em instância diocesana, estadual, nacional. 
Na página 39 desta mesma Apostila, temos o Modelo de Projeto de Estruturação do Ministério para as Crianças na Comunidade que tem como objetivo esclarecer o que é o GOC para ser apresentado ao coordenador do GO adulto, ou ao Pároco, caso não conheçam. Após a formalização do serviço a ser desenvolvido no GOC, é hora de formar equipe de servos. Reunir a equipe para oração, divisão de tarefas e preparação das atividades.
altPreparando o ambiente para acolher as crianças
São quatro os espaços necessários para acolher os pequeninos. Os dois primeiros espaços ficam dentro do local onde acontece o GO de adulto. Escolher um espaço seguro e limpo, onde os bebês e seus pais serão acolhidos. Para os pais cuidarem de seus filhos, ofereceremos um trocador (fraldário) e se o bebê dormir, colchonetes. O segundo espaço é um cercadinho, ao lado de onde os pais deverão ficar assentados. Neste, os servos do Ministério para as Crianças evangelizam através de historinhas, cantigas de roda, desenhos, pinturas, brinquedos. Para este serviço, dois ou três servos são o suficiente. Atenção: Não é permitido aos servos alimentar, trocar fralda, ficar com a criança o tempo todo no colo, pois sua missão é apenas evangelizar.