9 de nov de 2018

Divulgada a arte tema do ano 2019 da RCCBRASIL e sua versão infantil

Foram divulgadas nesta quarta-feira (07) a imagem tema do ano de 2019, o manual de aplicação e versão infantil da imagem. A figura inspirada na passagem bíblica de Romanos 5, 5 “O amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado", tema do ano da RCCBRASIL de 2019, ilustra a moção espiritual que vai acompanhar o novo ano.
A imagem traz tons vermelhos, significando o sangue redentor do Senhor e o Espírito sendo derramado nos corações.  A cor amarela remete ao brilho da verdadeira luz, que é o amor de Deus em nós.
A celebração dos 50 anos de presença do Movimento Carismático no Brasil será a grande festa do ano de 2019. Todavia, para esse mesmo ano, o Senhor inspirou, a partir de um momento de escuta profética do Conselho Nacional, todos os brasileiros a agradecerem e a clamarem a Sua poderosa presença do em nossas vidas.
Dessa forma, toda a RCC do Brasil é convidada a abrir-se ao Espírito Santo que, ao derramar o maravilhoso amor de Deus, torna-nos um povo que vive a comunhão fraterna, o transbordamento desse amor em nós, alcançando a muitos irmãos e irmãs.
Versão Infantil
A criançada também ganhou uma versão da marca! A arte adaptada tem como objetivo aproximar o público infantil do tema trabalhado pela RCC. Com traços mais suaves, cores delicadas e uma linguagem toda infantil, a marca tema do ano de 2019 poderá ser utilizada nos eventos do Ministério e Grupos de Oração para Crianças e Adolescentes, inclusive, em outras atividades de evangelização infantil.

alt

Carnaval, Pentecostes e Cenáculo com Maria

Na reunião do Conselho Nacional, que definiu o tema do ano, também foram discernidos os temas que serão trabalhados nos encontros de Carnaval, no Pentecostes e nos Cenáculos com Maria. Confira abaixo:
Tema do Carnaval-“Deus nos amou primeiro” (1Jo 4,19b). 
Tema de Pentecostes- “Unidos de coração vivemos um novo Pentecostes” (cf. At 2,1-4).
Tema Cenáculo com Maria- “Visitados por Maria, visitados pelo Amor” (cf. Lc 1, 39-45).
A Arte de Carnaval e Pentecostes serão disponibilizadas em breve no portal da RCCBRASIL. Já para o Cenáculo com Maria, cada diocese ou Grupo de Oração que realiza o evento pode defini-la conforme inspiração e necessidade própria do local.

1 de out de 2018

Papa: rezar o Terço todos os dias em outubro


A pedido do Santo Padre, a Rede Mundial de Oração lança, neste mês de outubro, uma Campanha especial de Oração para que os fiéis de todos os Continentes possam invocar Nossa Senhora e o Arcanjo Miguel, para que protejam a Igreja nestes tempos difíceis.

Neste sábado (29/9), dia em que a Liturgia celebra os Santos Arcanjos Miguel, Gabriel e Rafael, o Papa pede à Rede Mundial de Oração que ajude os fiéis a rezarem, diariamente, neste mês de outubro, o Terço “contra o mal que divide a Comunidade cristã”.
Por isso, a pedido do Santo Padre, a Rede Mundial de Oração lança, neste mês de outubro, uma Campanha especial de Oração para que os fiéis de todos os Continentes possam invocar Nossa Senhora e o Arcanjo Miguel, para que protejam a Igreja nestes tempos difíceis.
Com efeito, recentemente, vivemos na Igreja situações difíceis, como contínuas denúncias de abuso sexual por parte do clero, das pessoas consagradas e dos leigos. O aumento dos abusos e divisões internas na Igreja, certamente, é favorecido pelo espírito maligno, “inimigo mortal da nossa natureza humana”.
Na tradição cristã, o mal se apresenta em diversas formas, como de “Satanás”, que em hebraico significa “adversário”, ou “Diabo”, que, em grego, é aquele que divide e semeia discórdia.
Na tradição bíblica, fala-se também de “sedutor do mundo”, “pai da mentira” ou “Lúcifer”, que se apresenta como anjo da luz e do bem, mas conduz ao engano.
Enfim, o mal se manifesta de diversos modos, complicando a missão de evangelização da Igreja, chegando até a desacreditá-la. Em parte, a responsabilidade é nossa por deixarmo-nos levar pelas paixões e não pela verdadeira vida: a riqueza, a vaidade e o orgulho. Estes são os caminhos pelos quais o maligno nos seduz e nos arrasta para o mal, levando-nos a cometer ações perversas, como discórdias, mentiras etc.
Na sua Carta ao Povo de Deus, no último dia 20 de agosto, o Santo Padre recordou: “Se um membro sofre, todos sofrem com ele... Quando experimentamos a desolação, que provoca tantas chagas na Igreja, devemos persistir na oração a Maria e buscar crescer no amor e na fidelidade eclesial”.
Portanto, neste mês de outubro, o Santo Padre pede a todos os fiéis um maior esforço nas orações pessoais e comunitárias, rezando, todos os dias, o Terço a Nossa Senhora, para que a Virgem Maria proteja a Igreja, nestes tempos de crise, e o Arcanjo São Miguel a defenda dos ataques do inimigo. Segundo a tradição eclesial, este Arcanjo é o chefe dos exércitos celestes e protetor da Igreja.
Ao término da oração mariana do Terço, o Papa nos convida a rezar a mais antiga invocação à Santa Mãe de Deus “Sub tuum praesidium” (“Sob a vossa proteção”) e a tradicional oração a São Miguel, escrita por Leão XIII:

Oração a Nossa Senhora
«À Vossa Proteção recorremos, Santa Mãe de Deus. Não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidades, mas livrai-nos sempre de todos os perigos, ó Virgem gloriosa e bendita!»

Oração a São Miguel Arcanjo
«São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate. Sede o nosso refúgio contra as maldades e ciladas do demônio. Que Deus manifeste o seu poder sobre ele. Eis a nossa humilde súplica. E vós, Príncipe da Milícia Celeste, com o poder que Deus vos conferiu, precipitai no inferno Satanás e os outros espíritos malignos, que andam pelo mundo tentando as almas. Amém!».

FONTE: https://www.vaticannews.va/pt/papa/news/2018-09/papa-rezar-terco-todos-dias-outubro.html


1 de abr de 2018

POR QUE JESUS DOBROU O LENÇO QUE COBRIA A SUA FACE NO SEPULCRO?




Uma tradição judaica daquele tempo nos revelaria a mensagem arrepiante representada por esse gesto aparentemente insignificante!
O Evangelho segundo São João, no capítulo 20, nos fala de um lenço que tinha sido colocado sobre a Face de Jesus quando Ele foi sepultado, ao final da tarde da Sexta-Feira Santa.
Ocorre que, após a Ressurreição, quando o sepulcro foi encontrado vazio, esse lenço não estava caído a um lado, como os lençóis que tinham envolvido o Corpo de Jesus. O Evangelho reserva um versículo inteiro para nos contar que o lenço fora dobrado cuidadosamente e colocado à cabeceira do túmulo de pedra.
Mas por que Jesus dobrou o lenço que cobria a Sua cabeça no sepulcro depois de ressuscitar?
Bem cedo pela manhã de domingo, Maria Madalena foi até o local e descobriu que a pesadíssima pedra que bloqueava a entrada do sepulcro tinha sido removida. Ela correu e encontrou Simão Pedro e outro discípulo, aquele a quem Jesus tanto amara – São João Evangelista – e lhes disse:
“Retiraram o Corpo do Senhor e não sei para onde O levaram!”
Pedro e o outro discípulo correram até o túmulo. João passou à frente de Pedro e chegou primeiro. Parou e observou os lençóis, mas não entrou. Então Simão Pedro chegou, entrou no sepulcro e notou os lençóis ali deixados, enquanto o lenço que havia coberto a Divina Face estava dobrado e colocado a um lado.
Isto é importante? Definitivamente.
Isto é significativo? Sim.
Por quê?
Para poder entender a significância do lenço dobrado, temos que entender um pouco a respeito da tradição hebraica da época.
O lenço dobrado tem a ver com uma dinâmica diária entre o amo e o servo – e todo menino judeu conhecia bem essa dinâmica. O servo, quando preparava a mesa de jantar para o amo, procurava ter a certeza de fazê-lo exatamente da maneira desejada pelo seu senhor.
Depois que a mesa era preparada, o servo ficava esperando fora da visão do amo até que ele terminasse a refeição. O servo não se atreveria jamais a tocar na mesa antes que o amo tivesse acabado. Ao terminar, o amo se levantaria, limparia os dedos, a boca e a barba, embolaria o lenço e o jogaria sobre a mesa. O lenço embolado queria dizer: “Eu terminei“.
Agora, se o amo se levantasse e deixasse o lenço dobrado ao lado do prato, o servo não ousaria tocar ainda na mesa, porque aquele lenço dobrado queria dizer: “EU VOLTAREI!”


O BANQUETE NÃO ACABOU! TODOS OS DIAS PODEMOS PARTICIPAR DELE NA EUCARISTIA!