30 de mai de 2014

Projeto do Ministério para Crianças muda a realidade de salas de aula

alt
O Projeto “Amiguinhos de Deus” realizado pelo Ministério das Crianças se expandiu e tem alcançado lugares para fora dos Grupos de Oração. O coordenador estadual do Ministério em Alagoas, Francisco de Assis Barbosa (Chico de Assis), conseguiu levar para a realidade das salas de aula uma maneira didática e criativa de trabalhar as práticas espirituais com crianças entre 5 e 14 anos.
Ao participar do Encontro Nacional de Formação da RCC em janeiro, Chico Assis ouviu a coordenadora nacional do Ministério, Hyde Flávia, sugerir aos coordenadores que cada estado rezasse por um continente, no caso de Alagoas, o continente asiático. “Concluída essa etapa senti em meu coração o desejo de continuarmos as orações, mas ao invés do mapa do continente asiático, colocaria o mapa de Alagoas, pois em nosso estado o número de violência é assustador. E nesses momentos de oração rezamos por todos. A violência, essa triste realidade, nos inquieta, acreditamos que com Jesus tudo pode ser mudado pela força da oração”, conta Francisco.

E assim, em meio às dificuldades, o “Amiguinhos de Deus” chegou à realidade de muitas crianças. Primeiramente, o projeto foi levado para a direção da escola e sala de aula, com debates, números. Depois disso, os alunos levaram para suas casas a realidade do estado quanto à violência em forma de pesquisas, apresentações e exposições. As famílias, de certa forma, se envolveram com os trabalhos dos alunos. “Desse envolvimento e algumas experiências vividas em casa, eles passaram a acreditar na iniciativa. Já estamos há dois anos envolvidos nas escolas, particular, onde trabalho, e pública, como Amigo da Escola”, ressalta o professor.
altDepois da aceitação do projeto, outros trabalhos foram tomando forma e, hoje, Francisco já desenvolve o “Amiguinhos de Deus” de maneira mais estruturada: “Esse projeto está presente em várias realidades, escolas, Grupinhos de Oração, catequese, nas ruas e outros, subdividido em tópicos: educar para o Céu, noite do pijama, Jesus nas praças, Bíblia na escola, desarmamento infantil, fogos de artifício, apague essa ideia, e outros. São iniciativas geradas nas mais diversas realidades”.
De acordo com Chico, depois do projeto em prática, a socialização em sala de aula melhorou e os alunos ficaram mais amáveis. “As mães relatam as mudanças e eles também. Um dos frutos, é que iniciamos o GOE (Grupinho de Oração Escolar Coroinha do Menino Jesus), que é realizado das 11h30 às 11h40 todas as terças-feiras.
Testemunho de uma mãe
“Meu nome é Daniella Jaffet da Silva, tenho 34 anos, sou educadora, trabalho com educação infantil, sou evangélica há 20 anos e mãe de Nathália de 11 anos.  Ela faz o 6° Ano e iniciou o projeto Amigos de Deus esse ano. No começo, ela estava muito desmotivada. Apesar de nascer em berço cristão, ela sempre foi uma criança hiperativa, isso que dizer que o seu comportamento é muito difícil, pois ela é agitada, inquieta e de temperamento muito forte.
Quando foi convidada a participar do projeto se animou muito, e cada vez que participa chega em casa cheia de novidade. Tenho notado um desenvolvimento com relação ao seu comportamento muito bom, à medida que aprende, ela vai conversando comigo algo novo que aprendeu. Espero que esse projeto continue com esse trabalho para que crianças como Nathália encontrem um ponto de apoio que lhes dê segurança”.
Se você se encantou com o projeto Amiguinhos de Deus e deseja conhecê-lo melhor para apresentá-lo aos coordenadores de seu Grupo de Oração, diocese e estado, basta entrar  em contato com Tio Chico, pelo telefone (82) 9607-3549. 

Um comentário:

  1. temos que evangelizar as crianças de boje para que tenhamos um mundo melhor amanha, onde eles são nossa esperança!!

    ResponderExcluir

Que a paz do Menininho Jesus esteja em coração! Obrigada pela visita e pelo seu comentário!

Obs: Se você escolher a opção Anônimo, no final não esqueça de colocar o seu nome! Abraço Fraterno!!