19 de nov de 2010

Nascimento, infância e vida oculta de Jesus

Jesus, o Filho de Deus, nasceu na cidade de Belém, na Palestina, conforme Deus havia prometido.

Quando Jesus nasceu, o rei Herodes governava a Judéia e o Imperador Romano era César Augusto. O imperador decretou um recenseamento de todo o povo, que deveria ser feito na cidade de seus antepassados. Ora, Maria e José moravam em Nazaré, mas eram descendentes do Rei Davi, e por isso, precisaram ir a Belém, na Judéia.
E, sem saber, o imperador estava contribuindo para que se realizasse a profecia que diz: "Mas tu, Belém-Efrata, tão pequena entre os clãs de Judá, é de ti que sairá para mim aquele que é chamado a governar Israel." (Mq 5, 1)
Maria e José fizeram, então, uma grande e difícil viagem de Nazaré a Belém, pois já estavam se completando os dias em que Maria deveria dar à luz.
A cidade estava cheia e não havia lugar para eles. Conseguiram abrigo num local destinado aos animais e foi lá, numa manjedoura, que nasceu Jesus, o Filho de Deus.
Seus primeiros visitantes foram os pastores, avisados pelo Anjo do Senhor.



Quanto é grande o amor de Deus por nós! Enviou seu Filho ao mundo para nos salvar!



Jesus, o Salvador da Humanidade, é verdadeiro Deus porque é o Filho de Deus que se encarnou no seio da Virgem Maria por obra do Espírito Santo e verdadeiro Homem porque é filho de uma mulher. Sua vida humana é semelhante à nossa em tudo, menos no pecado.



Após o seu nascimento, o Menino Jesus foi levado por seus pais ao Templo, para cumprir o ritual judaico. Havia em Jerusalém um homem chamado Simeão a quem Deus prometera que não morreria sem ver o Salvador. E este homem, ao ver Jesus, exclamou: "Meus olhos viram o Salvador, que preparastes, ó Deus, para todos os povos". (Lc 2, 30s)
Jesus viveu sua infância na cidade de Nazaré. Rezava e praticava a religião de seu povo e aprendia a profissão de carpinteiro com São José, seu pai adotivo.



Aos 12 anos, Jesus foi com seus pais pela primeira vez à capital, que era Jerusalém para comemoração da Páscoa dos Judeus. Quando chegou a hora de voltar, José pensou que o Menino estivesse com Maria no grupo das mulheres e esta achou que Ele tivesse preferido voltar com José no grupo dos homens, pois nestas caminhadas, homens e mulheres andavam separados. Ao anoitecer, parentes reuniam-se para jantar e dormir sob as tendas improvisadas.
Logo, José e Maria perceberam que Jesus havia ficado em Jerusalém e voltaram para procurá-lo. Encontraram-no no Templo, sentado no meio dos sábios que se admiravam de suas perguntas.
Quando seus pais o viram, também ficaram admirados e diante da pergunta de sua Mãe: "Meu filho, por que fizeste isto conosco? Eis que teu pai e eu aflitos te procurávamos". Então, Jesus revela sua ligação com Deus Pai, dizendo: "Não sabíeis que devo ocupar-me com as coisas de meu Pai?" (Lc 2, 49)
Depois disso, Jesus voltou com seus pais para Nazaré, sendo sempre um filho muito obediente e crescendo em "idade, sabedoria e graça diante de Deus e dos homens" (Lc 2, 51-52).Durante 30 anos Jesus teve uma vida comum, trabalhando com São José e participando da vida de seu povo. É o que se costuma chamar "Vida oculta de Jesus", pois a maior parte deste período não foi descrita pelos Evangelistas.


A Sagrada Família deve ser modelo para nossas famílias:
no amor, na paz, na ajuda mútua, na compreensão.
Você já pensou nisso?

Vamos celebrar



Catequista: Na família cristã, cada nascimento de um filho é um chamado à vida, à sociedade, à história, ao futuro. Pais e filhos crescem juntos, devendo cultivar os valores da amizade e da paz na casa e abrir-se às necessidades do outro. Devem aprender a serem solidários com os pobres, os doentes e os que precisam de ajuda. Não basta pensar apenas em sua família. É importante unir o coração de cada um ao coração da grande família humana. Peçamos pelas nossas famílias para que possam se esforçar em viver com os mesmos sentimentos da Família de Nazaré.



Leitor 1: Pelos nossos pais e por aqueles que cuidam de nós.



Todos: Senhor, escuta a nossa prece e abençoa as nossas famílias.



Leitor 2: Pelos nossos irmãos e parentes.



Todos: Senhor, escuta a nossa prece e abençoa as nossas famílias.



Leitor 3: Pelos nossos amigos e por aqueles que nos levam a Deus.



Todos: Senhor, escuta a nossa prece e abençoa as nossas famílias.


Atividades
1) Responda, completando a cruzadinha:



a) Quem é o Salvador da humanidade?
b) Onde Ele nasceu?
c) Como se chama sua mãe?
d) Quem era o homem a quem Deus prometera que não morreria sem ver o Salvador?
e) Como se chamava o esposo de Maria?
f) Em que cidade ficava o Templo?
g) Que título deram a Jesus, querendo dizer que Ele era "o escolhido" de Deus?
h) Em que cidade morava a família de Jesus?
i) Quem visitou o Menino Jesus quando Ele nasceu?
j) De família de que Rei o Salvador era descendente?






2) Observe as palavras que estão nas estrelinhas e complete a história do nascimento de Jesus (pode consultar sua Bíblia, no segundo capítulo do Evangelho de São Lucas):






a) O ___________ ordenou que todos deveriam alistar-se na cidade de suas famílias de origem.



b) Maria e José viajaram da cidade de Nazaré, onde moravam, para __________, a cidade da família de José.



c) Depois que Jesus nasceu, Maria O envolveu em panos e colocou-O numa _______________.



d) O Anjo do Senhor disse para os _______________: "Nasceu-vos hoje um _____________"



e) Os anjos cantaram: "____________ a Deus nas alturas e paz na terra aos homens de boa vontade".



f) O nascimento de Jesus é comemorado no dia 25 de dezembro, na festa chamada ___________.




3) Monte o presépio:






4) Para pintar:







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que a paz do Menininho Jesus esteja em coração! Obrigada pela visita e pelo seu comentário!

Obs: Se você escolher a opção Anônimo, no final não esqueça de colocar o seu nome! Abraço Fraterno!!