25 de abr de 2016

GOI Querigma da Misericórdia: Comunidade


Responsáveis: Daniela Lopes / Graziela - Uberlândia/MG

Acolhida: Acolher as crianças com alegria, cantar cantos animados. Entregar a vida e a semana nas mãos de Deus. Rezar uma dezeninha usando um flanelógrafo. 

Louvor: Material – uma imagem de Jesus misericordioso. Gotas de sangue e água com palavras para o louvor.
Louvar é engrandecer o Senhor, é elogiar. É aplaudir, é parabenizar, é falar bem de alguém. É engrandecer e exaltar. O louvor é a manifestação do coração admirado. Quando o Espírito Santo é derramado; quando se manifesta, os corações inflamam e o mesmo Espírito os impele e move ao louvor de glorificação a Deus. 
Cada vez que louvamos o olhar de Deus se inclina sobre os nossos corações. (No louvor da misericórdia tentamos ensinar as crianças a louvarem a Jesus por tudo nele ligado ao amor e a misericórdia). 
Crianças vamos louvar? Cada criança que for louvar pega em uma caixinha uma gota da misericórdia e louva por aquilo que está nela. Depois prega ao lado da imagem. Exemplo: Senhor eu quero te louvar porque és misericórdia... és amor...és carinho...és doçura...és compaixão....és fiel... porque não nos abandona.... porque nos perdoa....porque deu a vida para nos salvar...Em cada louvor os evangelizadores podem ir acrescentando palavras e motivações para o louvor. 
Efusão: Vamos clamar o Espírito Santo com alegria. Se quiser pode usar o semáforo da semana passada para relembrar o que o Espírito Santo representa e estimular a efusão.

Reflexão para o pregador - Viver em comunidade é atender o apelo da misericórdia. Que sejamos permeados de misericórdia para ir ao encontro de todas as pessoas levando-lhes a bondade e a ternura de Deus. O perdão das ofensas torna-se a expressão mais evidente do amor misericordioso. É na comunidade que aprendemos a amar, a perdoar, a ser misericórdia. É lá que temos que achar tempo para olhar para os irmãos, cuidar das suas fraquezas e dificuldades.
Material- Menino rezando por outro e ao lado um alimento, uma roupa, um brinquedo e um coração que representa o amor e o perdão.

Pregação
Como é bom estarmos aqui reunidos em comunidade para vivermos juntos mais um dia. Olha quantos amiguinhos temos aqui hoje. Todos aqui são iguais? Não. Mas todos são filhos muito amados de Deus. Imagine se um de nós fosse morar numa montanha bem alta, bem longe, num lugar onde ninguém pudesse chegar. Ali ele ficaria sozinho. Alguns de vocês podem até pensar: ai que bom, ninguém pra encher minha paciência... mas ali bem longe e sozinho você teria com quem partilhar e contar porque de sua tristeza ou felicidade? Não, porque estará sozinho. Com quem falar se não tenho ninguém para isso? Pra que saber andar ou movimentar as mãos se não tem com quem brincar? É por isso que vivemos em comunidade. Somos filhos amados de Deus e criados com características diferentes. A comunidade é o lugar onde podemos ser imitadores de Cristo. Cristo é pura misericórdia para conosco então devemos também ser praticantes dessa misericórdia com o outro.
É na comunidade que aprendemos a suportar o outro com suas qualidades e defeitos. Aprendemos a amar, a perdoar, a respeitar o outro.
Nós podemos em comunidade exercer o perdão, exercer o amor e a misericórdia. Você já brigou com um colega e depois se arrependeu? Não foi bom pedir desculpas e voltar a ser amigo dele de novo? Como é bom ter com quem dividir e partilhar os sonhos, as brincadeiras, as tarefas.Quando fazemos isso estamos exalando o perfume de Deus que existe em nós. Ainda podemos rezar pelo irmão que necessita, dividir o que temos como por exemplo nosso alimento, nossos brinquedos. Quantas vezes temos de tudo e nem usamos enquanto tantas crianças passam fome ou sonham em ter um brinquedo como o nosso, que nós nem ligamos. Tem gente que não tem caderno, lápis de cor, sapato, roupas e nem cobertor. Nós que temos podemos partilhar. Não é dar para desocupar o guarda roupa. Não é dar o que está estragado ou rasgado; é partilhar daquilo que temos com quem não tem.
Acolher o outro que chega em nossa casa, em nossa escola, na nossa igreja. Você já mudou de escola ou conhece alguém que já fez isso? É ruim chegar em um lugar onde você não conhece ninguém. Tudo é estranho. Aí está mais uma oportunidade de sermos comunidade acolhendo aquele que está chegando. Podemos ofertar a ele um pouquinho do nosso tempo, podemos ouvi-lo.
Viver em comunidade é exercer a misericórdia de Deus em nós em favor do outro. . É lá que temos a oportunidade de sermos melhores. Ser misericórdia para o outro é deixar Deus habitar em nossos corações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que a paz do Menininho Jesus esteja em coração! Obrigada pela visita e pelo seu comentário!

Obs: Se você escolher a opção Anônimo, no final não esqueça de colocar o seu nome! Abraço Fraterno!!