23 de abr de 2016

Criança é Futuro?

FONTE: RCC Brasil

Uma das formas mais cruéis de desprezar um ser humano é ignorar sua presença. Como sofrem nossos pequeninos quando se referem a eles como alguém que vai existir e para serem aceitos imprimem como exigência que se comportarem como adultos. É gritante ver crianças cantando músicas que nem sequer sabem o sentido de suas letras. É gritante ver miniadultos vestidos com sensualidade que nem lhe são peculiar. É gritante pais cristãos corrigirem seus filhos dizendo “você parece criança”, como se “ser criança” fosse algo ruim, errado.
Uma coisa é certa, para se conseguir que uma criança fique sentadinha e quietinha por duas horas no Grupo de Oração adulto é preciso matar sua infância. Deus não programou a criança para ser quietinha, no projeto de Deus a infância é alegre, dinâmica, inquieta, expressiva, inocente. “E Jesus crescia em estatura, graça e sabedoria diante de Deus e dos homens”. A atitude dos adultos devem também proporcionar isto na vida de suas crianças.
altVolto à pergunta: Criança é futuro? Na verdade, Jesus fez o caminho inverso, ao invés de dizer às crianças “Vocês são futuro”, Ele diz aos adultos “sejam como a criança”. Para Deus, a infância é um momento privilegiado em que se forma o caráter, a personalidade. Seremos adultos mais ou menos maduros, íntegros, conforme a infância que vivemos.
Ninguém se comunica com a criança sem se remeter à própria infância. Quando um adulto diz à criança “para quieto, menino”, na verdade, está dizendo: “olha o que fizeram comigo quando eu tinha a sua idade”.
 O Ministério para Criança trabalha as crianças e a criança de cada um. Neste sentido, quando um Movimento, uma instituição, uma família, uma grupo, acolhe a criança, na verdade, acolhe a história de cada um. Isto diz de maturidade, de aceitação, de esperança, pois, quando uma criança pega uma sucata, lixo dos adultos e transforma em um brinquedo para evangelizar, está dizendo: “este mundo tem jeito”.
Por que evangelizar os pequeninos?
alt1 - Para cumprir a Palavra de Deus: “Deixai vir a mim as criancinhas, não as impeçais, pois delas é o Reino dos céus” (Mt 19,14); “O perfeito louvor vos é dado pela boca dos pequeninos” (Sl 8,2); “Ensina à criança o caminho que ela deve seguir e mesmo quando velha jamais se desviará dele” (Pv 22,6); Desde a infância conheces a Sagrada Escrituras (II Tm 3,15).
2 - Para estar em comunhão com nossa Igreja: A educação da consciência é uma tarefa de toda a vida. Desde os primeiros anos alerta a criança para o conhecimento e a prática da lei interior reconhecida pela consciência moral. Uma educação prudente ensina a virtude,preserva ou cura do medo, do egoísmo e do orgulho, dos sentimentos de culpabilidade e dos movimentos de complacência, nascidos da fraqueza e das faltas humanas. A educação da consciência garante a liberdade e gera paz no coração(Catecismo Igreja Católica, parágrafo 1784);
Chego a um ponto importante desta minha carta: é a vossa oração que desejo confiar os problemas da vossa família e de todas as famílias do mundo. E não só isto: tenho ainda outras intenções a recomendar-vos. O Papa conta muito com vossas orações. Devemos rezar juntos e muito para que a humanidade se torne cada vez mais a família de Deus, e possa viver a paz (Documento 138 Carta do Papa para as Crianças, p. 12);
A infância, hoje em dia, deve ser destinatária de uma ação prioritária da Igreja, da família e das instituições do Estado tanto pelaspossibilidades que oferece como pela vulnerabilidade a que se encontra exposta. As crianças são dons e sinais da presença de Deus em nosso mundo por sua capacidadede aceitar com singeliza a mensagem do Evangelho. Jesus as acolhe com especial ternura (Mt 19,14) e  apresentou a capacidade que elas têem para acolher o Evangelho como modelos para entrar no  Reino de Deus (Mt 18,3)(Documento de Aparecida, parágrafo 438).
alt3 - Para uma mudança social: O surgimento de novos hábitos numa cultura se trabalharmos com adultos demora uma geração (40 anos) introduzido na infância os novos hábitos fixam na cultura em 8 anos.
4 - Pelo poder de atração da criança: A criança exerce o poder de atrair para si a atenção. Quando algo acontece a uma criança, ou através da criança, é destaque e gera maior reflexão. Em novelas de TV, a presença da criança é obrigatória pelo aumento da audiência que ela representa.
5 - Pelo poder de persuasão da criança: Pesquisas recentes mostram que as crianças influenciam em até 80% nas escolhas e decisões de seus pais. Um exemplo é a campanha contra Dengue que encontrou reforço quando nas escolas convocaram as crianças para o seu combate.
6 - Para ter Qualidade de Vida: Um País é considerado rico não pelas riquezas naturais, mas pela Qualidade de Vida. Os índices da Qualidade de Vida são medidos não pela quantidade de petróleo ou diamante, mas pela mortandade infantil; analfabetismo; não violência à criança, entre outros. A evangelização é a forma mais eficaz de acabar com a “Cultura de Morte” de um povo.
Sugestão de dinâmicas para a Semana das Crianças
altCriança, como é bom saber que Deus nos ama e nos criou por amor e para o amor. Mas se Deus é amor, por que tem guerra no mundo? Por que no Brasil tem corrupção? Por que tem briga entre pessoas e confusão?
Quando tem algo errado com meu carro devo levar no mecânico, com meu relógio devo levar no relojoeiro, quando tenho algo errado com as pessoas precisamos perguntar para nosso criador. E Deus nos responde em sua Palavra: Em Romanos 3,23 lemos: Porque todos pecaram, todos estão impedidos de sentir o amor de Deus. Isto mesmo criança, o pecado impede de sentir o amor de Deus como um guarda chuva, o amor de Deus cai, cai, e nós não sentimos. (Desenhar corações caindo do céu e uma criança alegre, debaixo do guarda chuva com rosto triste apesar dos corações continuarem caindo).
E sabem como o pecado entrou no mundo? Pela desobediência de Adão e causou muita desordem. O homem criado para amar a Deus sobre todas as coisas e aos irmãos, o pecado o fez amar as coisas em primeiro lugar e prejudicar os irmãos para ter as coisas vivendo como se Deus não existisse. Ai, ai ai! Que grande confusão! Precisamos de uma solução!
alt1– Precisamos de vida nova
(Fazer três cubos: um maior escrito Deus, outro médio escrito Homem e outro menor escrito Coisas. Tocar a música “Em primeiro lugar”. Os blocos vão se movendo trocando de ordem e a criança deve colocar na ordem certa. E quando ela acertar ganha aplausos).
2 - Precisamos de força para vencer o mal
Veja as duas árvores. A árvore do Bem e a Árvore do Mal. Que frutos elas dão? (Desenhar as duas árvores: uma frondosa, outra seca e escrever o nome no tronco junto da raiz. Os frutos devem estar espalhados fora das árvores e, em cada fruto, desenhar uma cena de história em quadrinho (exemplo: brigando, xingando, mentindo, fofocando, abraçando, ajudando, estudando, etc.) para criança escolher em qual árvore irá colocar cada fruto e depois que colocar na árvore certa, terá que escrever dentro do fruto o nome de cada fruto (fofoca, amizade, mentira, ajudar, estudar, xingar... Quando ela acabar ganha aplauso.)
alt3– Precisamos de cura, vejam o que o estrago que o pecado faz no nosso coração (Desenhar todos os corações com rosto e pedir para a criança ligar cada coração ao que ele esta sentindo: rancor (desenhar um coração cheio de pedras, machucado); egoísmo (desenho de um coração com nariz arrebitado); isolamento (desenho de um coração dentro do cofre); inveja (desenho de um coração com olho grande); medo (desenho de um coração amedrontado); ira (coração irado); gula (coração comendo além da conta).
4 - Precisamos de libertação de tudo que nos afasta do Amor do Pai.
Vamos pedir perdão (desenhar Jesus de braços abertos com as mãos chagadas pronto para abraçar no alto de uma escada de 4 degraus e uma criança indo em direção dele no inicio da escada escrever, no 1º degrau reconhecer – o que nos afastou do Amor de Deus, no 2º degrau contrição – desejo de não mais pecar, no 3º degrau confissão – para libertar e reconciliar, no 4º degrau reparação – da desordem que o pecado causou e.........ganhar um grande abraço de Deus. Que saudade!).

Um comentário:

  1. ESTOU FICANDO COMAS CRIANÇAS NO GRUPINHO DE ORAÇÃO, MAS SINTO QUE QUASE NADA FAÇO, TENHO MUITO O QUE APRENDER.FALTA MUITA ESTRUTURA. E PESSOAS DISPONIVEIS A AJUDAR

    ResponderExcluir

Que a paz do Menininho Jesus esteja em coração! Obrigada pela visita e pelo seu comentário!

Obs: Se você escolher a opção Anônimo, no final não esqueça de colocar o seu nome! Abraço Fraterno!!