13 de jun de 2015

Santo Antonio

Antonio, cujo nome de batismo era Fernando, nasceu em Lisboa, Portugal, no ano de 1195. Aos quinze anos ele entrou para o Colégio dos Cônegos Regulares de Santo Agostinho, para ser religioso, e em apenas nove meses se aprofundou e se especializou no estudo da Sagrada Escritura. A cultura teológica adiou filosófica e científica. 

Em 1220, ele decidiu deixar o convento dos Agostinianos para entrar no convento de frades mendicantes de Coimbra (franciscanos), e mudou seu nome para Antonio. 
Ele participou de um Capítulo Geral da ordem em Assis, onde se encontrou com São Francisco, o fundador. 
Ele viveu como qualquer outro franciscano até seus superiores, percebendo a sua formação e as suas extraordinárias qualidades de um pregador, o enviaram ao norte da Itália e da França para pregar onde mais era necessário. Sua fama como pregador se propagou. 
Finalmente, Antonio passou a residir no convento de Arcella, a um quilômetro de Pádua. De lá ele ia para onde era chamado para pregar. Em 1231 a saúde de Antonio piorou e o levaram para o convento de Camposampiero em Pádua em um vagão cheio de feno. Ele morreu em 13 de junho de 1231. "O Santo" por excelência, como eles chamam em Pádua, foi canonizado em Pentecostes 1232, ou seja, um ano depois de sua morte, devido a grande popularidade que tinha se expandido ao longo dos tempos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que a paz do Menininho Jesus esteja em coração! Obrigada pela visita e pelo seu comentário!

Obs: Se você escolher a opção Anônimo, no final não esqueça de colocar o seu nome! Abraço Fraterno!!