29 de jan de 2013

Os dez leprosos - Lucas 17, 11-19

Dez leprosos vieram ao encontro de Jesus. Eles pararam ao longe e elevaram a voz a clamar:
- Jesus, mestre, tem compaixão de nós!
Ao vê-los, Jesus disse:
- Ide apresentar-vos aos sacerdotes.


Minha gente pequena, todos sabiam que a lepra não tinha cura. Quando alguém dizia que estava sarado dessa doença, era papel dos sacerdotes avaliar a cura para poder não pôr em risco a comunidade.

 

Imaginem, crianças, dez leprosos cheios de feridas e decididos a caminhar em direção de Jerusalém! Que grande milagre! Que grande fé! Fé que remove montanhas! E sabem o que aconteceu? Enquanto iam andando, ficaram curados.


Fé é assim, a gente acredita antes de ver. A fé dá coragem de decidir e agir não pelo que vê, mas conforme a Palavra de Deus. O grande milagre é ter fé. A cura é conseqüência.


Mas esta história não termina assim. 
Um samaritano vendo-se curado, voltou, glorificando a Deus e prostrou-se aos  pés de Jesus para lhe agradecer. Jesus lhe disse:
- Não ficaram curados todos os dez? Onde estão os outros nove?
E acrescentou:
- Levanta, tua fé te salvou.
Criança, Jesus queria salvar os dez, mas só um foi salvo. Dez leprosos tiveram a fé em Jesus que cura, mas só um teve fé em Jesus que salva.


Ilustrações de Anselmo José

Encarte da Revista Renovação nº 77 - publicação da Renovação Carismática Católica do Brasil, para recebe-la em sua casa clique AQUI


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que a paz do Menininho Jesus esteja em coração! Obrigada pela visita e pelo seu comentário!

Obs: Se você escolher a opção Anônimo, no final não esqueça de colocar o seu nome! Abraço Fraterno!!