23 de abr de 2008

Mensagem para o Dia das Mães

Toda mulher é mãe!

Mesmo que nunca tenha gerado um filho, mesmo que nunca venha a gerá-lo. Toda mulher é mãe, primeiro da boneca, mais tarde dos irmãos, casada é mãe do marido.

Sem filho, será mãe adotiva. Entregará a alguém os benefícios do seu amor: os sobrinhos, os filhos alheios. Uma causa justa.

Não basta somente um dia para consagrar às mães, porque o seu amor e o seu carinho foram, são e serão sempre intermináveis. É uma história que não tem começo nem fim, porque nossas mães nos sonharam muito antes de nossa existência uterina, nos amaram bem antes de ver as nossas faces - e nos pressentiram um futuro feliz quando ainda nem éramos presentes.

Não basta apenas um dia para agradecer tudo o que nossas mães fizeram por nós. Se raras são as palavras para traduzir todos os gestos e afectos que recebemos de nossas mães, generosas são as lembranças de sua sabedoria e ensinamentos.

Não basta um dia. O Dia das Mães é um dia para sempre. Porque as mães são infinitamente ternas. E sempre eternas.

A maternidade e irreprimível, como uma fonte de água que uma pedra obstrui, ela vai brotar adiante.

A maternidade não tem fronteira, não tem cor, não tem preferências.

E das poucas coisas que se bastam a si mesmas.

Tem sua própria devoção : a Esperança.

Tem sua própria ideologia : o Amor.
Mãe é o ser mais sagrado, depois de Deus.




A minha singela homenagem a todas as Mães do Mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que a paz do Menininho Jesus esteja em coração! Obrigada pela visita e pelo seu comentário!

Obs: Se você escolher a opção Anônimo, no final não esqueça de colocar o seu nome! Abraço Fraterno!!