12 de jan de 2016

Gincana - Obras de Misericórdia

OBRAS DE MISERICÓRDIA

"São atos de caridade pelos quais socorremos o próximo nas suas necessidades corporais e espirituais". CIC (Catecismo da Igreja Católica) 2447


Gincana desenvolvida pelos participantes da formação em Mogi das Cruzes dia 20/12/2015

Essa gincana é mais adequada para adolescentes. A ideia é dividir as crianças em 2 (ou mais, dependendo da quantidade de crianças) equipes que percorrerão um circuito com atividades referentes às obras de misericórdia. Se for um evento com bastante tempo disponível dá pra trabalhar os 2 circuitos. Se for no grupinho de oração dá pra trabalhar uma obra de misericórdia a cada semana. É importante falar sobre cada obra de misericórdia para que eles entendam o que estão fazendo. Ganha a equipe que conseguir completar o circuito em menos tempo.


OBRAS CORPORAIS

(Rosana – Santa Isabel; Fabiane – Arujá; Ketlyn – Mogi das Cruzes; Ana Lúcia - Mogi das Cruzes; Maria Lana - Mogi das Cruzes; Deigila - Mogi das Cruzes; Joice – Arujá; Maiara Caroline – São Paulo; Michaella - Mogi das Cruzes; Marcilene – Suzano e Paloma - Mogi das Cruzes)



Dar de comer a quem tem fome – Fazer um bocão com E.V.A (pode ser um cesto, uma garrafa PET...) e as crianças deverão acertar dentro dele alimentos que podem ser feitos com tampinhas de garrafa, bolinhas de desodorante rolon, tampinhas de amaciante…

Dar de beber a quem tem sede – Fazer um círculo, uma das crianças terá um copo com água, as outras terão um copo vazio. A criança com a água vai até a criança que está à sua frente e derrama a água no copo dela, esta fará o mesmo e assim sucessivamente até chegar à última criança, que beberá a água. O ato de ir até a criança da frente, esticar o braço lembra que devemos sair do nosso comodismo para realizar a vontade de Deus, seria mais fácil se fosse passando a água pra criança que está ao lado, mas nem sempre é fácil ajudar o irmão. Se for fazer somente essa brincadeira no dia, pode-se dividir as crianças em 2 grupos e ver qual termina primeiro.

Dar moradia aos desabrigados – Dependendo da quantidade de crianças, 3 ou 4 fazem uma casa juntando as mãos acima da cabeça (formando um telhado, que fique uma casinha pequena, mas que caibam as outras crianças), as outras crianças entram todas na casa sem deixar nenhum pedacinho do corpo pra fora. Se for a única brincadeira do dia também pode brincar de "casa, morador e terremoto".

Vestir os maltrapilhos – Cada criança deverá trocar uma peça de roupa ou de calçado com outra criança. É bom combinar antes, por exemplo, os meninos trocando de camiseta e as meninas de sapato/sandália… Não devemos doar somente o que sobra, mas às vezes precisamos tirar do que temos para ajudar o irmão que tem menos que nós.

Visitar os doentes – fazer 7 curativos (com gases e esparadrapo ou de E.V.A). As crianças deverão pegar de 1 em 1 e colocar em outra criança que estará a uma certa distância.

Visitar os prisioneiros (No caso de crianças e adolescentes não é possível e nem adequado a visita deles à prisões, mas podemos incentivá-los a visitar orfanatos e asilos, por exemplo) – Fazer um boliche com 6 garrafas PET e nelas escrito: Preconceito, solidão, desamor, discriminação, tristeza e desesperança. O participante terá que jogar a bola até fazer “strike” (derrubar todas as bolas de uma só vez)

Sepultar os mortos – Fazer um “escultura humana”: uma criança deita (o morto), as outras a cobrem com as mãos entrelaçadas (o túmulo) e uma criança acima da cabeça faz uma cruz com os braços (o crucifixo).


OBRAS ESPIRITUAIS

(Bruna – São Paulo; Isabel – Santa Isabel; Paula – São Miguel; Sabrina – Mogi das Cruzes; Marco Rogério - Mogi das Cruzes; Andreza - Mogi das Cruzes; Victória - Mogi das Cruzes; Rafaela - Mogi das Cruzes e Ana - Mogi das Cruzes; Rayssa)



Ensinar os que não sabem - Brincar de Jesus mandou, daí pode combinar antes para que as 2 equipes façam a mesma coisa, por exemplo: Jesus mandou eu lhe ensinar a rezar o Pai Nosso, Jesus mandou eu lhe ensinar a perdoar (daí abraça 2 irmãos), Jesus mandou eu lhe ensinar...

Dar bons conselhos aos que necessitam – fazer como um labirinto com cadeiras ou garrafas PET e uma criança “aconselha” outra que estará com os olhos vendados (à direita, pra frente, um passo pra esquerda...) até chegar do outro lado.

Corrigir os que erram – A criança deverá passar com uma bola por obstáculos (pode ser em zigzag entre garrafas pet), quando errar deverá voltar e começar tudo de novo. Os outros vão ajudando a fazer certo.

Perdoar as injustiças – Pular corda cantando:
“Quem é cristão e quer perdoar
Entrar na vida eterna
E no Céu morar
Pula a ofensa
Pula a mágoa
Dá um grande pulo e vai ao encontro do irmão”
Saindo da corda dá um abraço em alguém.

Aliviar o sofrimento dos aflitos – Deverá sentar numa cadeira com uma almofada no colo e outra criança virá e deitará a cabeça na almofada.

Rezar pelos vivos e pelos mortos – Brincar com toda a equipe de “vivo/morto”, quando errar rezar uma Ave Maria.

Suportar com paciência as fraquezas dos outros – 2 crianças fazem uma “cadeirinha” com os braços e levam outra criança por um espaço determinado antecipadamente.



4 comentários:

  1. Foi muito bom participar da formação,só que esqueceram meu nome no grupo das obras de miséricordia espirituais 😞.Obg tia Paula por esse dia maravilhoso 😘

    ResponderExcluir
  2. Oi, Rayssa! A paz de Jesus! Desculpa, já corrigi!
    Bjks

    ResponderExcluir
  3. Tannia, não tenho esse material em espanhol. Será que alguém não poderia traduzir para você?

    ResponderExcluir

Que a paz do Menininho Jesus esteja em coração! Obrigada pela visita e pelo seu comentário!

Obs: Se você escolher a opção Anônimo, no final não esqueça de colocar o seu nome! Abraço Fraterno!!