29 de nov de 2014

Nós lidamos com almas

Eu recebo muitos e-mails e mensagens de pessoas dizendo que estão iniciando no Ministério e me pedem materiais para trabalhar com as crianças porque não sabem por onde começar, ou seja, começam na evangelização infantil sem NENHUMA FORMAÇÃO.

Em primeiro lugar isso é muito PREOCUPANTE! O coordenador do Grupo de Oração não colocaria para pregar alguém que não tivesse feito alguma formação e/ou oficina do Ministério de Pregação, não colocaria para tocar violão um irmão, que fez apenas sua primeira aula pra tocar no grupo de adultos. Ninguém colocaria na coordenação do grupo de adultos alguém que tenha uma semana de caminhada na RCC. Mas tenho visto casos em que a pessoa é escolhida para ficar com as crianças sem que nunca tenha feito formação, sem ter ao menos participado de algum encontro e muitas vezes até pessoas que nem sequer fizeram Seminário de Vida no Espírito Santo (SVES).


Irmãos, o Ministério para Crianças NÃO É EQUIPE DE BABÁS!!!
A coisa é muito mais séria do que os outros, e muitas vezes nós mesmos do Ministério, pensamos!!!

O PONTO INICIAL PARA SE CRIAR UM GRUPO DE ORAÇÃO INFANTIL, UM MINISTÉRIO PARA CRIANÇAS, É A FORMAÇÃO! Assim como todos os outros ministérios, o servo precisa ter feito SVES, ter feito ou estar fazendo a formação básica da RCC (Paulo Apóstolo) e ter feito formação específica do Ministério para Crianças.

Porém, se você já estiver trabalhando com as crianças, NÃO PARE! BUSQUE AQUILO QUE ESTÁ FALTANDO! Formação sempre tem na sua diocese, no seu estado, em outra diocese, em outro estado, PROCURE SE INFORMAR com a coordenação da RCC local.


Ah! E tenho algo muito importante pra lhe dizer! MUITA GENTE CAIU DE PARAQUEDAS NESSE MINISTÉRIO, mas acabou se encontrando e se realizando nele! Eu sou uma delas! Quando fiz minha primeira formação há 13 anos atrás eu fui de curiosa, porque no meu Grupo de Oração cada semana eram escaladas 2 pessoas pra ficar olhando as crianças e eu achava um absurdo ver aquelas crianças ficarem correndo de um lado pro outro sem que nenhuma evangelização fosse feita. Eu era do ministério de formação, não tinha paciência de ficar com aquele monte de criança gritando no meu ouvido, correndo, pulando, brigando...  Mas depois da formação que fiz com a Hyde Flávia me apaixonei, comecei a fazer as coisas que aprendi no curso, fui buscando aprender mais, as crianças já não davam tanto trabalho porque nós mantínhamos elas ocupadas com a evangelização. Temos testemunhos lindos de crianças que eram muito arteiras e depois de terem a experiência do amor de Deus, o batismo no Espírito Santo, se transformarem em novas criaturinhas! Hoje algumas delas estão servindo no grupo de adultos, outras estão inseridas em outros movimentos e pastorais e é isso que me faz continuar mesmo com tantas pedras no caminho. Meu Grupinho de Oração não é perfeito, meu Ministério não é perfeito, enfrento problemas dentro do meu Grupo de Oração, mas louvo a Deus por isso, pois aprendi que SE FOR FÁCIL, NÃO É DE DEUS! Então que seja muito difícil, que eu sofra, que eu chore, que eu seja incompreendida, desprezada, mas que tudo seja para a edificação dos pequeninos e para minha própria conversão! 

Irmãos, eu gostaria muito que a evangelização infantil se resumisse a lhe mandar uma apostila cheia de ideias, mas isso é pouco demais. O Senhor não merece migalhas! As crianças não merecem migalhas! EVANGELIZAR CRIANÇAS É LEVÁ-LAS À EXPERIMENTAREM O AMOR DE DEUS (e isso eu só conseguirei se eu já tiver feito essa experiência), É REALIZAR COM ELAS O BATISMO NO ESPÍRITO SANTO (e isso eu só conseguirei se eu for cheio(a) do Espírito Santo!). 

EVANGELIZAR CRIANÇAS NÃO É BRINCADEIRA! É com brincadeira, mas não é brincadeira! Nós evangelizadores temos que ter consciência que cuidamos de ALMAS, nós precisamos nos preparar, pois estamos no meio de uma batalha espiritual (Efésios 6, 12). Nossas armas são poucas, mas muito eficazes: ORAÇÃO (oração pessoal, terço, devoções, etc), JEJUM (uma vez por semana, da maneira que vc achar que dará conta de fazer), a CONFISSÃO DOS PECADOS (sempre que necessário, o ideal seria 1 vez por mês), LEITURA DIÁRIA DA PALAVRA DE DEUS e, por fim, PARTICIPAÇÃO DA SANTA MISSA (aos domingos, ou sábados, é mandamento da Igreja e se não for cumprido é pecado. Mas sempre que possível, participar de celebrações também durante a semana). SIMPLES ASSIM! SÓ PRECISA PERSEVERANÇA!

DEUS NOS ABENÇOE!

Um comentário:

  1. Estamos lidando com Almas, que o Senhor não me deixe esquecer disso!

    ResponderExcluir

Que a paz do Menininho Jesus esteja em coração! Obrigada pela visita e pelo seu comentário!

Obs: Se você escolher a opção Anônimo, no final não esqueça de colocar o seu nome! Abraço Fraterno!!