31 de out de 2012

O posicionamento da Igreja Católica quanto a festa do Halloween

O Vaticano fez duras críticas a  festa de Halloween, feriado de Dia das Bruxas comemorado em 31 de outubro, um dia antes do Dia de Todos os Santos, da Igreja Católica. Segundo o "Daily Mail", A instituição afirmou ser uma data "anticristã" e "perigosa", por ter ligação com o oculto.


Em um artigo intitulado "As perigosas mensagens do Halloween", o jornal oficial do Vaticano, "L'Osservatore Romano", citou o perito litúrgico Joan Maria Canals, que disse que "o Dia das Bruxas é uma corrente do ocultismo e completamente anticristão".
"L'Osservatore" elogiou uma igreja em Alcala de Henares, que decidiu realizar uma vigília de oração na noite de sábado, e também a ideia da arquidiocese de Paris de fazer um dia de imersão para as crianças, batizado de "Holywins" ("o sagrado vence", na tradução do inglês).
A Igreja Católica da Itália vê com maus olhos o crescimento da popularidade da festa de Dia das Bruxas nos últimos anos. Em 2008, o jornal "Avvenire", dos bispos italianos, apelou para um completo boicote e descreveu o Dia das Bruxas como uma "perigosa celebração do terror e do macabro". 
A Arquidiocese do México, em um artigo sobre a festa de Halloween no semanário "Desde la Fe", disse que "se procuramos ser fiéis à nossa fé e aos valores do Evangelho, teríamos que concluir que a atual festa do Hallowen não só não tem nada a ver com a celebração que deu origem, mas também é nociva e contrária à fé e a vida cristã". A Arquidiocese considera que o Halloween "rende honra a uma cultura da morte, que é produto da mescla de costumes pagãos" e o mais grave "é que a festividade foi se identificando com grupos neopagãos e celebrações satânicas e ocultistas".
No texto intitulado "Perguntas frequentes sobre o Halloween", o Arcebispado afirma que essa celebração dista muito do que devem celebrar os cristãos, por isso exortou aos fiéis a não celebrar o Halloween. Afirma ainda que em alguns países como México, Irlanda e Estados Unidos são realizadas, durante esta festa, missas negras, cultos esotéricos e outras reuniões relacionadas com o mal e o ocultismo".
O artigo também questiona o costume, principalmente entre crianças, de disfarçarem-se de bruxas, vampiros, fantasmas e monstros, e convida os pais a, no dia 1º de novembro, disfarçarem seus filhos de personagens bíblicos ou alguma pessoa que "saibam que foi boa e que, portanto, certamente estará no céu".


Vemos assim que a tradição de comemorar as bruxas ou outros espíritos não é cristã e deve ser evitada, ainda que tenha apenas uma conotação folclórica. Devemos, sim, celebrar o dia de todos os Santos. 

Fonte: Catequizando com amor

5 comentários:

  1. Oi tia Paula, só para registrar que em nossa Arquidiocese de Florianópolis, estamos no terceiro ano que celebramos o "Sede Santos" encontro onde as crianças se vestem de santos e acontece a maior festa. Tem sido uma experiência ímpar de alcance das famílias que até se emocionam em vestir seus filhos de santos e santas!Fica a dica!!

    ResponderExcluir
  2. Vamos vestir nossos filhos de santos(as); de anjos. Vamos comemorar a festa cristã e não a pagã!!!

    ResponderExcluir
  3. Eu acho que o Halloween não deveria ser tratado como uma festa pagã, pelo seu real significado ser a comemoração da 3ª e última colheita do ano. O povo modificou muito o sentido da festa, por isso acho que deveríamos ir até as verdadeiras origens para podermos dar nossa opinião.

    ResponderExcluir
  4. As crianças aprendem aquilo que os adultos ensinam!Brincar com fogo achando que não vai se queimar, é pura ilusão! Mais tarde se tornam agressivas e deprimidas, porque osadultos acham que nada as contamina. Culpa dos pais e responsáveis que deixam crianças inocentes brincarem de bruxaria, como se elas fossem inofensivas.Depois vem as consequência terríveis. Muitas delas crescem e se tornam agressivas!De a seu filho uma Bíblia de presente em vez de uma fantasia destas!

    ResponderExcluir

Que a paz do Menininho Jesus esteja em coração! Obrigada pela visita e pelo seu comentário!

Obs: Se você escolher a opção Anônimo, no final não esqueça de colocar o seu nome! Abraço Fraterno!!