A Pesca Milagrosa (Lc 5, 1-11) - Teatrinho e história

Teatrinho/Motivação:                                                             
O Convite

Criança 1: Olha pessoal, recebi um convite muito legal!
Criança 2: Nossa! É um convite para uma festa?
Todos: Eu quero ir também!
Criança 1:  Calma pessoal! O convite é para toda nossa turma e está escrito bem assim: Para as crianças (falar o local que vocês estão).
Criança 2: Então abre logo isso aí!
Criança 3: Posso ler?
Criança 1: Claro que pode!
Criança 3:  “Convido as crianças... para caminhar espalhando o amor de Deus pelo mundo, sendo assim pescadores de homens. Amo todos vocês! Assinado: Jesus.”
Criança 4: Uau! Eu quero ser pescador de homens. (joga uma rede sobre algumas crianças  que estão assistindo e diz: Jesus te ama)
Criança 1:  O que é isso?
Criança 4: Ué! Agora sou pescador de homens!
Criança 1:  Mas não é isso que é ser pescador de homens.
Criança 5: Como assim não é...?
Criança 3:  Então o que é ser pescador de homens?
Criança 1: É falar do amor de Deus e de Jesus para as pessoas. Isso é pescar homens.
Criança 5:  A bem, agora sim eu entendi!
Criança 2:  Eu quero ser um pescador de homens!
Todos: Eu também!!!
(Entra a professora)
Tia: Olá, turminha! Que euforia é essa?
Todos: Oi, tia!
Criança 1: É que recebemos um convite para sermos pescadores de homens e eu tava explicando para a turma o que é isso.
Tia: Vocês querem ser pescadores de homens?
Todos: Queremos!!!
Tia: Que bom! Hoje nós vamos ouvir a história que conta como Pedro e Tiago largaram tudo para seguir Jesus.



História: 


A pesca maravilhosa (Lc 5, 1-11)

Método para contar a história:
 Dramatização utilizando as próprias crianças

Escolha uma criança para ser Jesus e as demais serão os pescadores. Organize as cadeiras da sala (ou com as crianças sentadas no chão) de forma que monte um barco e combine com "os pescadores" que eles e deverão ficar sentados e fazer os movimentos como se realmente estivessem no mar pescando.

Hora da História:

         Pedro, André, Tiago e João tinham passado a noite toda pescando. Eles jogaram suas redes no mar, mas não conseguiram pescar nenhum peixinho. Jogaram novamente e nada... E assim eles passaram a noite toda. Eles lançaram as redes várias vezes, mudaram de lugar e nada! Nenhum peixinho. (As crianças deverão fazer os movimentos como se estivessem lançando as redes no mar).
           Ao amanhecer, eles já estavam cansados, desanimados e muito tristes, pois eles e suas famílias viviam da pesca. Como poderiam voltar para casa de mãos vazias?
          Os barcos já estavam parados na margem do rio e os pescadores já tinham descido dos seus barcos (as crianças deverão sair das suas cadeiras), com suas redes vazias e estavam lavando-as (as crianças deverão fazer os movimentos como se estivessem lavando as redes),  se preparando para ir para casa descansar um pouco e voltar à noite para pescar novamente, quando viram uma multidão se aproximando (as crianças  param de lavar as redes e olham para "a multidão", enquanto isso Jesus caminha em direção aos pescadores).
          Jesus estava caminhando e ensinando a Palavra de Deus. A multidão era tão grande que muitos não podiam vê-lO, nem ouvir direito o que Jesus falava. Jesus, então, viu os barcos parados na margem  do rio e próximos aos barcos viu os pescadores lavando as redes de pesca (As crianças lavam as redes). E assim, Jesus, entrou no barco de Pedro, e  pediu que  ele empurrasse um pouco o barco para que se afastasse da margem (um dos pescadores faz movimentos como se estivesse empurrando o barco). Sentado no barco (Jesus senta em uma das cadeiras), Jesus ensinava a multidão (Jesus ensinando). Quando Jesus acabou de ensinar, disse para Pedro (Jesus fica de pé e olha para um dos pescadores): "Leve o barco para a parte do rio que é bem funda e lance a rede." Pedro respondeu: (A criança para quem Jesus olhou finge responde) "Senhor, trabalhamos a noite toda e não pescamos nada. Mas, confiando em Tua Palavra, lançarei a rede de novo." (As crianças voltam para suas cadeiras e sentem-se). Os pescadores lançaram as redes (As crianças lançam as redes no mar), e quando eles puxaram  tinham tanto peixe que as redes estavam pesadas (As crianças fazem caretas como se estivessem puxando uma rede bem pesada). Eram tantos peixes que as redes quase arrebentaram. Foi preciso chamar o barco dos outros pescadores para que eles viessem ajudar. Encheram os dois barcos com os peixes que estavam nas redes.
          Como eles ficaram felizes! Agora tinham muitos  peixes e não voltariam para casa de mãos vazias. E vendo este milagre Pedro, ajoelhou-se aos pés de Jesus, e disse: "Senhor, afasta-se de mim, que sou um homem pecador." E Jesus respondeu: "Não tenha medo, de agora em diante você será pescador de homens." Depois deste milagre, eles, passaram seguir a Jesus e tornaram-se pescadores de homens.

Comentários:


* Jesus é mesmo maravilhoso! Ele sempre supre as nossas necessidades.
* Pedro não entendeu por que Jesus mandou ele pescar de novo, mas obedeceu.
* Devemos obedecer a Jesus mesmo quando não entendemos.
* Ser pescadores de homens significa falar sobre Jesus para as outras pessoas.
* Jesus quer que todos sejam pescadores de homens.

4 comentários:

  1. Linda Ideia!!!! Muito Bom!
    Que Jesus continue a te Iluminar!!!!

    ResponderExcluir
  2. Achei esta historinha linda!!!

    ResponderExcluir
  3. Eu gostei mt,vou apresentar uma peça para as crianças e esta palavra é ideal para o que vou fazer.Que o Senhor Jesus continue abençoando o seu ministério.

    ResponderExcluir
  4. Amei , estava precisando muito.
    Obrigada
    Vanice Reis

    ResponderExcluir

Que a paz do Menininho Jesus esteja em coração!