30 de abr de 2010

São José Operário.. Padroeiro dos trabalhadores...





http://blog.cancaonova.com/cantinho/files/2010/04/net.jpg

Iaeee Galerinha...

Sábado, é Feriado, é dia do Trabalhador, é dia de São José Operário...

Neste dia, celebramos São José, o Pai de Jesus, que muito trabalhou como carpinteiro para sustentar a sua família, para sustentar e educar Maria e Jesus. José, era carpinteiro, fazia mesas, cadeiras, camas, oratórios e muitas outras coisas.. e ainda mais... ensianava a Jesus fazer tudo issoo...
Esses dias passeando pelos blogs na internet...
Achei no cantinho da Criança da Canção Nova (blog.cancaonova.com/cantinho) alguns desenhos e atividades sobre São José, o Pai Adotivo de Jesus, Patrono da Igreja de todo o Mundo e Padroeiro dos Trabalhadores...

Olha aiii..

29 de abr de 2010

Jogral para o dia das mães


“A MÃE NOSSA DE CADA DIA”.

(adaptação de uma poesia de Ruth B. Kuhlmann)

Grupo: Todos os dias, ao acordar
A mãe começa a trabalhar.

Solo A: Mamãe pra lá, mamãe pra cá...
E ela a todos atenção dá.

Grupo: É a mãe que tudo vê
E responde sempre aos “porquê”.
Atende logo os pedidos
De achar objetos perdidos:

Solo B: Onde está o tênis...da meia o par?

Grupo: A mãe descobre o lugar.

Grupo: Cabeças ou costas doloridas?

Solo C: A mãe trata das feridas.

Grupo: E a toda hora uma queixa:

Solo D: Quero brincar, o mano não deixa!

Solo E: Quem quebrou minha boneca?
Quem sumiu com a peteca?

Grupo: E os pedidos sem fim
Aos quais tem que responder “sim”:

Solo A: Está pronta a merenda?
Lavou a blusa de renda?

Solo B: Não sei fazer a lição:
Quem foi Napoleão?...

Solo C: Posso ir brincar lá fora?

Solo D: Tenho que tomar banho agora?

Grupo: A mãe precisa ser lavadeira, enfermeira,
Babá, costureira, professora, cozinheira.
A mãe precisa ser companheira...

Solo E: E ainda precisa ser paciente
E estar sempre sorridente.

Solo A: E como consegue isto,
Dando conta do serviço???

Grupo: Respondemos nós nesta rima:

SÓ PELA GRAÇA DIVINA!


28 de abr de 2010

Pentecostes

Para os evangelizadores: 
Pentecostes, do grego, pentekosté, é o qüinquagésimo dia após a Páscoa. Comemora-se o envio do Espírito Santo à Igreja. A partir da Ascensão de Cristo, os discípulos e a comunidade não tinham mais a presença física do Mestre. Em cumprimento à promessa de Jesus, o Espírito foi enviado sobre os apóstolos. Dessa forma, Cristo continua presente na Igreja, que é continuadora da sua missão.
A origem do Pentecostes vem do Antigo Testamento, uma celebração da colheita (Êxodo 23, 14), dia de alegria e ação de graças, portanto, uma festa agrária. Nesta, o povo oferecia a Deus os primeiros frutos que a terra tinha produzido. Mais tarde, tornou-se também a festa da renovação da Aliança do Sinai (Ex 19, 1-16).
No Novo Testamento, o Pentecostes está relatado no livro dos Atos dos Apóstolos 2, 1-13. Como era costume, os discípulos, juntamente com Maria, mãe de Jesus, estavam reunidos para a celebração do Pentecostes judaico. De acordo com o relato, durante a celebração, ouviu-se um ruído, “como se soprasse um vento impetuoso”. “Línguas de fogo” pousaram sobre os apóstolos e todos ficaram repletos do Espírito Santo e começaram a falar em diversas línguas.

Palavrinha de Deus: (At 2, 1-4)
Chegando o dia de Pentecostes, todos estavam reunidos no cenáculo. Com eles estava Maria, mãe de Jesus.  De repente, veio do Céu um som, como o barulho de um vento forte, enchendo toda a casa em que estavam. Apareceram, então, línguas de fogo, que se repartiram e pousaram sobre cada um deles. Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem.


Olha que ideia boa para fazer para os pequenininhos:


Corte um tira de papel com aproximadamente 35 a 40 cm de comprimento. Desenhe a língua de fogo e dê para que as crianças pintem. Pode-se usar cola colorida com glitter nas cores amarela e vermelha para ficar mais bonito! Cole na tira de papel, meça na cabeça das crianças e grampeie ou cole. 

Faça esse móbile para ilustrar sua pregação. Amplie, cole em papel color set ou cartolina, pinte e monte. Também pode ser feito com as crianças.




Vamos brincar

Ordene as letras e descubra qual festa comemoramos na
Igreja 50 dias após a Ressurreição de Jesus:
TEPNEOCSEST
_________________________

Caça Palavras:

1.      Vinda do Espírito Santo
2.     Símbolo do Espírito Santo em Pentecostes
3.    Quantos de dias que depois da Páscoa comemora-se o dia de Pentecostes

4.     O Espírito Santo nos dá
5.     Nasce em Pentecostes e é guiada pelo Espírito Santo
6.     Estava com os apóstolos em Pentecostes
7.     Os apóstolos estavam reunidos no
8.     Todos eles estavam com
  
P
B
N
R
Á
F
L
P
E
G
H
Z
K
E
A
Q
U
B
V
M
X
L
E
U
L
Í
N
G
U
A
D
E
F
O
G
O
C
M
N
T
C
E
A
D
B
M
Y
Ç
I
J
R
P
E
N
Í
O
T
A
I
J
N
D
I
A
N
C
F
T
G
R
L
É
Q
C
E
H
M
E
T
B
Z
I
S
J
U
G
M
Ó
P
G
R
S
T
A
D
V
E
Q
R
I
L
C
Ç
V
T
S
X
O
N
I
G
R
E
J
A
H
B
E
I
S
T
R
P
M
B
E
A
I
T
G
S
A
A
F
C
E
N
Á
C
U
L
O
F
U



Certificado de Amor para a Mamãe II

27 de abr de 2010

1Ts 5, 17

"Rezem sem cessar."

Passos de fé para a cura



O cristão não vive de moda, ele segue Aquele que faz novas todas as coisas. 

É importante que a gente cresça não só no avivamento, mas também no aprofundamento, precisamos da graça de perseverarmos até o fim. Para que a gente tenha essa graça é preciso que façamos um caminho seguro da nossa salvação.
“Chegaram a Jericó. Ao sair dali Jesus, seus discípulos e numerosa multidão, estava sentado à beira do caminho, mendigando, Bartimeu, que era cego, filho de Timeu. Sabendo que era Jesus de Nazaré, começou a gritar: "Jesus, filho de Davi, em compaixão de mim!" Muitos o repreendiam, para que se calasse, mas ele gritava ainda mais alto: "Filho de Davi, tem compaixão de mim!" Jesus parou e disse: "Chamai-o" Chamaram o cego, dizendo-lhe: "Coragem! Levanta-te, ele te chama." Lançando fora a capa, o cego ergueu-se dum salto e foi ter com ele. Jesus, tomando a palavra, perguntou-lhe: "Que queres que te faça? Rabôni, respondeu-lhe o cego, que eu veja! Jesus disse-lhe: Vai, a tua fé te salvou." No mesmo instante, ele recuperou a vista e foi seguindo Jesus pelo caminho” (Marcos 10,46-52).

Esse texto apresenta passos da nossa vida espiritual, do nosso encontro com Deus. Como aconteceu na vida de Bartimeu deve acontecer na minha vida e na sua.

O Evangelho de Marcos centraliza sua mensagem na obra redentora de Jesus. Quando São Marcos apresenta uma cura, ele faz questão de detalhar para que a gente possa aprender. Esse Evangelho é para aqueles que não querem somente receber uma graça de Deus, mas viver na graça de Deus.

Jericó era uma cidade fechada à graça de Deus, mas lá existia um homem chamado Bartimeu, que estava na marginalidade, sentado à beira do caminho mendigando. Quantos nas nossas cidades e nas nossas casas estão assim, na indigência. Mas como aconteceu como Bartimeu precisa acontecer com você.
Pare de ouvir o mundo e passe a ouvir a Deus. Pare de alimentar o medo, a insegurança ou a raiva, comece a ouvir a pregação do Evangelho, deixe as novelas, vá à Missa, ao grupo de oração para ser alimentado na sua fé.

Quando você está impregnado da graça de Deus você tem aversão pelas coisas do mundo. Alimente a sua fé, ande com pessoas que levam você para Deus, afaste das más companhias, procure a companhia de Jesus.

Adore ao Senhor, monsenhor Jonas diz: “Quem não adorar, não vai aguentar”. O consagrado que sai de comunidade é porque deixou de rezar. Começa deixando a vida de oração depois deixa todo o resto.

Quando você tiver a experiência, que a fé vai lhe dar pelo conhecimento de quem é Jesus, que para Ele nada impossível, aí ninguém lhe sustenta mais, você começa a colocar a fé em movimento, a fé exercitada se chama confiança.

Contemple o olhar de Jesus misericordioso e diga: Jesus eu confio em Vós.

Aquele homem [Bartimeu] começa a gritar, ele usa a única coisa boa que ele tinha, a voz. Eu não sei o que você tem de bom, mas comece a gritar: “Jesus tem piedade de mim, olha para mim”. Bartimeu começa a sair de si, e a se entregar completamente. Quando você está à procura da sua cura, Deus já está te curando.
'O Senhor tem o melhor preparado para você', diz Frei Josué
Foto: Daniel machado/CN

O que vem rápido, vai rápido. Enquanto você não estiver preparado Deus não lhe dará as graças. Sem a graça de Deus ninguém presta, só Deus é bom. Deus já lhe ouviu, quando seu coração descansar n’Ele, Deus fará tudo que você precisar.

Quando ele [Bartimeu] se decidiu confiar no Senhor, muitos o repreenderam para que ele se calasse, o diabo não vem diretamente a você que está com Deus, mas ele usa até de sua família para afastá-lo de Deus.
“Finalmente, irmãos, fortalecei-vos no Senhor, pelo seu soberano poder. Revesti-vos da armadura de Deus, para que possais resistir às ciladas do demônio. Pois não é contra homens de carne e sangue que temos de lutar, mas contra os principados e potestades, contra os príncipes deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal (espalhadas) nos ares. Tomai, por tanto, a armadura de Deus, para que possais resistir nos dias maus e manter-vos inabaláveis no cumprimento do vosso dever” (Efésios 6,10-13).

O que é uma cilada? É uma armadilha onde está um grande perigo. A grande cilada do demônio é essa: você lutar contra a pessoa. Não é contra seu irmão de comunidade que você tem que lutar, contra sua vocação, o demônio quer nos colocar uns contra os outros, ele quer que a gente tenha a raiva dos irmãos. Perdoe, ame e acolha. Separe o erro do errado, o pecado do pecador, peça a Deus que tenha misericórdia do pecador, mas não desista do chamado de Deus. Não caia nessa cilada.
É impossível que você reze de todo o coração e Deus não lhe atenda, não se deixe enganar.

O demônio quer nos humilhar dizendo que Deus não quer nos socorrer. Que Deus é esse que não lhe responde? Se ele existe por que tanta maldade nesse mundo? Nós sabemos que Deus não criou a maldade, mas isso é fruto do pecado. A maior vitória do diabo é quando você se sente cheio de razão e diz: “eu sirvo tanto a Deus e veja o que está acontecendo comigo?” 

Sozinho você desanima, mas Deus coloca irmãos para sustentar suas mãos, quando você mantiver suas mãos erguidas a vitória é sua e de sua família. É preciso manter-se firme na oração. 
O segredo não é desistir, é rezar, sua vitória será na presença de Deus. É impossível que o Senhor não haja na sua vida. 

Como Bartimeu não caiu na cilada do maligno, Jesus parou, e mandou chamá-lo. Quem mais foi usado pelo maligno para que você não se voltasse para Deus, vai ser aquele que Jesus vai usar para chamar você para Ele.

Quando tudo estiver difícil chegue diante da cruz e fale: “Jesus eu confio em Vós”.

Depois da batalha vem a vitória. Aquela mesma boca que falou: cale a boca, cego. Foi a que disse: “coragem, levanta-te, Ele te chama”.

Antes de ir até Jesus ele retira a capa de cego, ele joga fora aquela condição de cego. Joga fora essa paixão, esse relacionamento que não é de Deus. Joga fora esse cigarro, faz caridade, dê para a igreja esse dinheiro que você ia comprar drogas, joga fora as revistas pornográficas, jogue fora esse barzinho que tem na sua casa e faça um altar. Liberte-se.

Pergunte a Jesus qual a capa que você deve jogar fora. Talvez seja uma mágoa de seu pai, de sua mãe, daquela pessoa que você deu a vida por ela. Joga fora. Coragem, levanta-te!

Jesus está diante de você, agradeça. Cadê o medo, a tristeza, não existe mais, tudo passou. Jesus vai começar a falar diretamente contigo, você terá a graça de ouvi-Lo, e Ele diz: “que queres que eu te faça?” Tenha cuidado! Você está na presença de Jesus, mas ainda não está preparado, peça visão espiritual, um olhar novo, peça que Ele tire a cegueira espiritual.

“Raboni, eu quero ver”. E Jesus diz: “Vai tua fé te curou”. É o final de tudo? Não. Ele foi seguir o caminho de Jesus, ele não voltou para a vida velha, ele seguiu Jesus e se tornou um servidor de Deus. Nosso Senhor quer lhe dar essa graça hoje. Deseje de todo o coração e queira dar passos. O Senhor tem o melhor preparado para você.

Transcrição e adaptação: Willieny Isaias
ADQUIRA ESTA PALESTRA PELO TELEFONE:
(12) 3186 2600

Qual deve ser a nossa resposta diante dos terríveis escândalos na Igreja?

Homilia de Domingo de Ramos do Pe. Alexandre Parciolli na Paróquia Guadalupe (Brasília) em 28-03-2010.
É imperdível pois ataca de frente um dos maiores problemas que a Igreja enfrenta atualmente. O Padre fala sobre pedofilia.



Assista também a 2ª Parte.

26 de abr de 2010

SURGIRAM NOVOS PERSEGUIDORES COM A MESMA FERIDA DE MORTE.

"SEGUNDA-FEIRA, 23 DE MARÇO DE 2009


SURGIRAM NOVOS PERSEGUIDORES COM A MESMA FERIDA DE MORTE.

Meu Deus, quem chegará até o fim? quem se conservará incorruptível em sua fé? São juízes, médicos, promotores públicos, gente de bem, estudados, todos criticando a Igreja. Até ex-padres e pseudo-freis defendendo a morte desde o útero materno. Se Deus não abreviar os dias acho que nem eu escaparei desse esfriamento da fé que se levantou com força neste 2009.

Nunca vi um homem, depois de Jesus, ser tão atacado como Bento XVI. Tudo porque ele resolveu dar um valor a vida.

Que ferida de morte é essa que não cicatriza?

Os canais de notícias espalhados pelo mundo ser humano, na ânsia de mostrar seu ódio para com a Igreja, patrocinam a distribuição de preservativos. Como se isso atacasse diretamente o Papa e os católicos. Este machucado passa longe do Vaticano. Atinge diretamente a humanidade já tão caída.

Se a Igreja não pensa nas meninas estupradas por seus padrastos, como levianamente disseram nos programas televisivos, muito menos os protagonistas do aborto pensam. Seus olhos estão voltados para uma cultura onde "eliminar", "arrancar"e "matar" fazem parte do cotidiano. Para eles, arrancar uma criança do útero é como tirar uma pessoa do reality-show. Basta votar. E diga-se de passagem que a pessoa em quem eu votei, também vota hoje pelo aborto.

Traficantes merecem misericórdia. Políticos corruptos, vestidos de servidores do povo erecem tratamento dentário nas instituições. Os ladrões merecem outras chances porque já foram crianças. Mas vamos queimar os católicos. Eles são o atraso da humanidade.

Nenhuma outra Igreja é tão atacada como a Igreja católica. Estão querendo "descascar"a Igreja e jogá-la fora. E eu terei que ir junto. Eu e você que se diz realmente católico. Talvez ainda não tenhamos percebido onde esse espírito do mundo quer chegar, mas sua meta é nos derrubar. Por isso eu fico apreensivo e me questiono: quem chegará ao fim?

Quem não desistirá no meio do caminho? Quem não se apiedará do ímpio e se associará a ele? Quem defenderá a Igreja? Quem continuará a comungar depois destas e das próximas perseguições? Eu tenho medo de falar que ficarei com Deus até o fim. Medo porque sem a Graça da fidelidade eu também desistirei. Sem o poder da Misericórdia eu vou brecar. Não dá.

Estamos nos enfraquecendo dia após dia. Em breve não teremos mais argumentos plausíveis para contrariar as afirmações sobre aborto, preservativo, contraceptivo, sexo antes do casamento...

Os novos perseguidores estão aí. Estão ávidos por carne e sangue de católicos. E o pior é que somos presas fáceis.

Olhando um pouco a história vemos que até o fim só três chegaram: Maria, João e Maria Madalena. Nem os que se sentaram à mesa com o Mestre tiveram a coragem de encarar a "barra pesada" que será "ir até o fim".

A cada entrevista que eu assisto na TV, mais vejo o carisma da Fidelidade fazendo-se necessário ao mundo de hoje. De fato, somos uma pequena parcela. Um "restinho de Israel". Mas estamos aí. E devemos estar. Em casa, se formos os únicos fiéis, que assim seja. Se no trabalho formos fiéis, que seja assim. O importante hoje não é ser o melhor e sim, ser fiel. E ser fiel não é privilégio de santos. É exercício de pecadores.

Quando me perguntam quantas pessoas existem na Beatitudes, eu respondo assim: Vá numa praia, num dia de muito vento. Com sua mão, pegue o maior punhado de areia e levante acima de sua cabeça. Abra a mão e deixe o vento levar o que ele quiser. Aquilo que sobrar é Beatitudes. Fiéis serão sobras. Contudo, tomarão o vinho do final da festa da Caná eterna."





Atualíssimo!!!


Do blog Partilhas De Um Fundador, do Silvinho Zabisky - Comunidade Beatitudes