31 de mai de 2009

O Cavalo e o Porco


Um fazendeiro colecionava cavalos e só faltava uma determinada raça. Um dia ele descobriu que o seu vizinho tinha este determinado cavalo.
Assim, ele atazanou seu vizinho até conseguir comprá-lo. Um mês depois o cavalo adoeceu, e ele chamou o veterinário:
- Bem, seu cavalo está com uma virose, precisa tomar este medicamento durante 3 dias, no terceiro dia eu retornarei e caso ele não esteja melhor, será necessário sacrificá-lo.
Neste momento, o porco escutava toda a conversa. No dia seguinte deram o medicamento e foram embora.
O porco se aproximou do cavalo e disse:
- Força amigo! Levanta daí, senão você será sacrificado!
No segundo dia, deram o medicamento e foram embora. O porco se aproximou do cavalo e disse:
- Vamos lá amigão, levanta senão você vai morrer ! Vamos lá, eu te ajudo a levantar... Upa!
No terceiro dia deram o medicamento e o veterinário disse :
- Infelizmente, vamos ter que sacrificá-lo amanhã, pois a virose pode contaminar os outros cavalos.
Quando foram embora, o porco se aproximou do cavalo e disse:
- Cara, é agora ou nunca, levanta logo! Coragem! Upa! Upa! Isso, devagar! ótimo, vamos um, dois, três, legal, legal, agora mais depressa vai... Fantástico! Corre, corre mais! Upa! Upa! Upa!!! Você venceu Campeão!
Então, de repente o dono chegou, viu o cavalo correndo no campo e gritou:
- Milagre! O cavalo melhorou. Isso merece uma festa... 'Vamos matar o porco!'
"Assim também vós, depois de terdes feito tudo o que vos foi ordenado, dizei:
Somos servos como quaisquer outros; fizemos o que devíamos fazer".
São Lucas 17,10

Desenhos Para Crianças Menores











A nós descei, Divina luz! A nós descei, Divina luz!

Em nossa almas acendei o amor, o amor de Jesus!

Vinde, Santo Espírito, e do Céu mandai luminoso raio!

Vinde, Pai dos pobres, doador dos dons, luz dos corações!

Grande defensor, em nós habitai e nos confortai!

Na fadiga, pouso. No ardor, brandura e na dor, ternura!

Ó luz venturosa, divinais clarões encham os corações!

Sem um tal poder, em qualquer vivente, nada há de inocente!

Lavai o impuro e regai o seco, sarai o enfermo!

Dobrai a dureza, aquecei o frio, livrai do desvio!

Aos fiéis que oram com vibrantes sons, dai os sete dons!

Dai virtude e prêmio e, no fim dos dias, eterna alegria!

Aleluia! Aleluia! Aleluia!

Se você foi à Missa hoje deve lembrar que fez essa maravilhosa oração!

Santa Semana, cheia do Espírito Santo a todos!


Espírito Santo, concedei-me o dom da SABEDORIA, a fim de que cada vez mais aprecie as coisas divinas e, abrasado pelo fogo do vosso amor, prefira com alegria as coisas do céu a tudo o que é mundano e me una para sempre a Cristo, sofrendo neste mundo por Seu amor.

Espírito Santo, concedei-me o dom da INTELIGÊNCIA, para que, iluminado pela luz celeste da vossa graça, bem entenda as sublimes verdades da salvação e da doutrina da santa religião.

Espírito Santo, concedei-me o dom da FORTALEZA, para que despreze todo respeito humano, fuja do pecado, pratique a virtude com santo fervor e afronte com paciência, e mesmo com alegria do espírito, o desprezo, o prejuízo, as perseguições e a própria morte, antes de renegar por palavras e obras a Cristo.

Espírito Santo, concedei-me o dom do SANTO TEMOR DE DEUS, para que eu me lembre sempre, com suma reverência e profundo respeito, da vossa divina presença, trema como os anjos diante da vossa divina majestade e nada receie tanto como desagradar vossos santos olhos!

Espírito Santo, concedei-me o dom do CONSELHO, tão necessário nos melindrosos passos da vida, para que escolha sempre aquilo que mais vos seja do agrado, siga em tudo vossa divina graça e saiba socorrer meu próximo com bons conselhos.

Espírito Santo, concedei-me o dom da PIEDADE, que me tornará delicioso o trato e colóquio Convosco na oração e me fará amar a Deus com íntimo amor como a meu Pai, Maria Santíssima e a todos os homens como a meus irmãos em Jesus Cristo.

Espírito Santo, concedei-me o dom da CIÊNCIA, para que conheça cada vez mais minha própria miséria e fraqueza, a beleza da virtude e o valor inestimável da alma e para que sempre veja claramente as ciladas do demônio, da carne, do mundo, a fim de as evitar.
Vinde, Espírito Santo, ficai comigo e derramai sobre mim vossas divinas bênçãos.
Em nome de Jesus.
Amém.

Tudo o que Deus faz é bom


Conta uma história que certo rei costumava caçar todas as manhãs acompanhado de seu fiel ministro, um cristão muito piedoso. Este vivia declarando: “Tudo que Deus faz é bom”.
Porém, certa manhã, durante a caça, o rei perdeu o dedo num acidente e o seu amigo ministro disse-lhe: “Tudo que Deus faz é bom”. Insultado, o rei mandou prendê-lo.
No dia seguinte, o rei foi caçar sozinho e acabou capturado por canibais. Mas, enquanto aqueles aborígenes preparavam o rei para o jantar, perceberam que ele não tinha um dedo e o soltaram imediatamente. Aquela tribo acreditava que se comessem alguém defeituoso teriam muitos anos de azar.
Ao voltar para o palácio, o rei arrependido contou ao ministro aquela história e lhe pediu desculpas. “Realmente, tudo o que Deus faz é bom, pois a falta daquele dedo salvou a minha vida. Perdoe-me” – disse o rei.
O amigo, porém, lhe respondeu: “Tudo que Deus faz é bom, querido rei. Eu sempre caço com a vossa majestade e se estivesse junto esta manhã seria morto, pois tenho todos os meus dedos e sou perfeito”.

28 de mai de 2009

Para pensar...

Imagine que é uma típica tarde de sexta - feira e você está dirigindo em direcção à sua casa. Você sintoniza o rádio. O noticiário está falando de coisas de pouca importância. Você ouve que numa cidadezinha distante morreram 3 pessoas de uma gripe, até então, totalmente desconhecida. Não presta muita atenção ao tal acontecimento e esquece o assunto.
Na segunda-feira, quando acorda, escuta que já não são 3, mas 30.000, as pessoas mortas pela tal gripe, nas colinas remotas da Índia. Um grupo do Controle de Doenças dos EUA foi investigar o caso.
Na terça-feira, já é a notícia mais importante, ocupando a primeira página de todos os jornais, pois já não é só na Índia, mas também no Paquistão, Irã e Afeganistão. Enfim, a notícia se espalha pelo mundo. Estão chamando a doença de " La Influenza Misteriosa ", e todos se perguntam: Que faremos para controlá-la? Então, uma notícia surpreende a todos: A Europa fecha suas fronteiras. A França não recebe mais vôos da Índia, nem de outros países dos quais se tenham comentado de casos da tal doença. Por causa do fechamento das fronteiras,você está ligado em todos os meios de comunicação, para manter-se informado da situação e, de repente, ouve que uma mulher declarou que num dos hospitais da França, um homem está morrendo por causa da tal "Influenza Misteriosa". Começa o pânico na Europa. As informações dizem que, quando você contrai o vírus, é questão de uma semana de vida. Em seguida, as pessoas têm 4 dias de sintomas horríveis e morrem. A Inglaterra também fecha suas fronteiras, mas já é tarde.
No dia seguinte, o presidente dos EUA fecha também suas fronteiras para Europa e Ásia, para evitar a entrada do vírus no país, até que encontrem a cura.
No dia seguinte, as pessoas começam a se reunir nas igrejas, em oração pela descoberta da cura, quando, de repente, entra alguém na igreja, aos gritos: " Liguem o rádio! Liguem o rádio! Duas mulheres morreram em Nova York !". Em questão de horas, parece que a coisa invadiu o mundo inteiro.Os cientistas continuam trabalhando na descoberta de um antídoto, mas nada funciona.
De repente, vem a notícia esperada: conseguiram decifrar o código de DNA do vírus. É possível fabricar o antídoto! É preciso, para isso, conseguir sangue de alguém que não tenha sido infectado pelo vírus. Corre por todo o mundo, a notícia de que as pessoas devem ir aos hospitais fazer análise de seu sangue e doar para a fabricação do antídoto. Você vai de voluntário com toda sua família, juntamente com alguns vizinhos, perguntando-se, o que acontecerá. Será este o final do mundo?
De repente, o médico sai gritando um nome que leu em seu caderno. O menor dos seus filhos está ao seu lado, se agarra na sua jaqueta, e lhe diz:Pai? Esse é meu nome! E antes que você possa raciocinar, estão levando seu filho, e você grita: "Esperem!" E eles respondem: "Tudo está bem!
O sangue dele está limpo, e é sangue puro. Achamos que ele tem o sangue que precisamos para o antídoto." Depois de 5 longos minutos, saem os médicos chorando e rindo ao mesmo tempo. E é a primeira vez que você vê alguém rindo em uma semana.
O médico mais velho se aproxima de você e diz: - "Obrigado, senhor! O sangue de seu filho é perfeito, está limpo puro, o antídoto finalmente poderá ser fabricado." A notícia se espalha por todos os lados. As pessoas estão orando e rindo de felicidade. Nisso, o médico se aproxima de você e de sua esposa, e diz: -"Posso falar-lhes um momento? Não sabíamos que o doador seria uma criança e precisamos que o senhor assine uma autorização para usarmos o sangue de seu filho."
Quando você está lendo, percebe que não colocaram a quantidade de sangue que vão usar, e pergunta: "Mas, qual a quantidade de sangue que vão usar?"
O sorriso do médico desaparece e ele responde:
- "Não pensávamos que fosse uma criança. Não estávamos preparados.... Precisamos de todo o sangue de seu filho...
"Você não pode acreditar no que ouve e trata de contestar:
"Mas...mas..." O médico insiste:
-"O senhor não compreende? Estamos falando da cura para o mundo inteiro! Por favor, assine! Nós precisamos de todo o sangue!"
Você, então, pergunta:
-"Mas vocês não podem fazer-lhe uma transfusão?"
E vem a resposta:
"Se tivéssemos sangue puro, poderíamos. Assine! Por favor, assine!”
Em silêncio, e sem ao menos poder sentir a caneta na mão, você assina. Perguntam-lhe:
-"Quer ver seu filho agora?" Ele caminha na direção da sala de emergência onde se encontra seu filho, que está sentado na cama, e ele diz:
-"Papai!? Mamãe!? O que está acontecendo?" O pai segura na mão dele e fala:
-"Filho, sua mãe e eu lhe amamos muito e jamais permitiríamos que lhe acontecesse algo que não fosse necessário, você entende?”
O médico regressa e diz:
-"Sinto muito senhor, precisamos começar, gente do mundo inteiro está morrendo, o senhor pode sair?"
Nisso, seu filho pergunta: -"Papai? Mamãe? Por que vocês estão me abandonando?"
E na semana seguinte, quando fazem uma cerimônia para honrar o seu filho, algumas pessoas ficam em casa dormindo, e outras não vêm, porque preferem fazer um passeio ou assistir um jogo de futebol na TV...
E outras veêm, mas como se realmente não estivessem se importando. Aí você tem vontade de parar e gritar:
- MEU FILHO MORREU POR VOCÊS!!! NÃO SE IMPORTAM COM ISSO?
Talvez isso é o que DEUS nos quer dizer:
-MEU FILHO MORREU POR VOCÊS!!! NÃO SABEM O QUANTO EU OS AMO?
É curioso como é simples para algumas pessoas debocharem de Deus, e dizer que não entendem como o mundo caminha de mal para pior.
É curioso como acreditamos em tudo aquilo que lemos nos jornais, mas questionamos as palavras de Deus.
É curioso como todos querem ir para o Céu, mas nada fazem para merecê-lo.
É curioso como as pessoas dizem: "Eu creio em Deus!", mas com suas ações, mostram totalmente o contrário.

Encontro de Servos do Ministério para Crianças - Diocese de Limeira/SP

“Eu lhes garanto: se vocês não se converterem,
e não se tornarem como crianças
vocês nunca entrarão no Reino do Céu.”
Mateus 18, 3



Dias 20 e 21 de Junho/09
Local: Comunidade Sagrada Família - Bairro Jaguari (Entrada para Ajinomoto)
Horários: Início dia 20 (sábado) às 8h / Término dia 21 (domingo) às 16h
Valor: R$ 10,00

* Observe que este valor está bem acessível, para isso o MC realizará uma rifa de R$ 350,00 em produtos da Canção Nova (Bíblia, livros, DVD’s, CD’s, acessórios, etc.), será entregue 1 talão com 10 tickets, no valor de R$ 1,00 cada, para cada grupo de oração, ou seja, cada grupo de oração contribuirá com R$ 10,00 vendendo a rifa que será sorteada no concurso da Loterial Federal do dia 01 de julho de 2009. O prêmio será entregue ao Coordenador de Região correspondente ao ganhador na reunião da Comissão Diocesana dia 05 de julho/09

** Para pessoas de outras diocese o valor da taxa será de R$ 20,00


Serão desenvolvidas Oficinas de:
· Brinquedos e Brincadeiras que Evangelizam
· Contação de Histórias Bíblicas
· Materiais Visuais para Evangelização
· Querigma das Cores


1. É necessário levar: Roupa de cama e banho
2. Ônibus saindo da Catedral N. Srª das Dores (Limeira) às 7h15 no sábado
3. As outras regiões podem se organizar para sair um carro ou uma Van com os servos
4. Como chegar ao local: 9716.9777 / 9728.7275 – Ives (Coord. Da Comunidade Sagrada Família).


IMPORTANTE
Por gentileza, confirme presença até o dia 15 de junho
para que melhor seja organizado o encontro.
O pagamento poderá ser efetuado no local.

Confirmação: (19) 3441.5329 – Ramal 210 (Escritório RCC - Cássia)
E-mail:
mclimeira@bol.com.br

27 de mai de 2009

Quatro formas de ver o diabo

O diabo nunca pode amar o homem


Existem quatro tipos de pessoas, que vêem de formas diferente o diabo.

-O tipo de que vê diabos em todo lugar. Mesmo para coisas mínimas: “Aí está o diabo!”
Encontramos esse modo de pensar em muitas pessoas, pois, se algo não está dando certo, o comercio vai mal, enfim há qualquer coisa errada, já pensa em feitiço, diz que o diabo está ao redor delas, que necessitam de exorcismo, etc. São evidentemente exageros.

-O tipo de pessoas para quais o diabo simplesmente não existe. O diabo é um produto cultural e nada mais, uma personificação do mal.

-O tipo que crê sim, na existência do diabo, mas somente em teoria. De fato elas o ignoraram totalmente, nunca falam dele, não atribuem a ele nenhuma iniciativa. Isso é muito cômodo para o diabo porque, quando ele é ignorado, ele pode agir muito mais facilmente e sem ser incomodado.

-O tipo das que acreditam de verdade na existência do diabo, que lutam contra ele, mas consideram o Cristo como o centro, seja da teologia como da vida.

Apesar do diabo ter sido vencido, ele esta fazendo de tudo para destruir o Reino de Cristo. A sua batalha não é, principalmente, contra nós, mas contra o Cristo. É contra nós enquanto somos filhos do Reino; atacando os filhos do Reino o diabo esta atacando o Reino de Cristo para enfraquece-lo. Isto é o que motiva o inimigo.
Para uma pessoa que está na caminhada da fé o diabo não deve dar medo. Ao contrário, é ele quem precisa ter medo de nós e isto por uma razão muito simples: porque ele vê que tudo que Jesus reservava para ele, no inicio da criação, Jesus agora deu para nós.
Toda aquela graça, aquela glória que era para Lúcifer, o anjo da luz, agora a vê em nós. E o diabo vê em nós pessoas fracas, por um lado, mas fortes por outro, por causa daquela armadura que nos protege e pelas armas que temos em mãos. Desta forma o diabo tem medo do filho de Deus e tem medo de forma especial do sacerdote, pelas armas que tem nas mãos, especialmente o Sacramento da Reconciliação.

Na celebração do Sacramento da Reconciliação, a pessoa passa de um lado para outro: renuncia à escolha que fez a favor do diabo e aceita novamente Cristo na sua vida. Este é o momento mais forte da derrota do diabo.

O diabo nunca pode amar o homem, nem os participantes de seitas satânicas, os seus adeptos; não pode ama-los! Os diabos entre si se odeiam, existe um grande ódio entre os diabos. Um pouco de amor no inferno, apagaria tudo aquilo que é o inferno, mas lá somente existe ódio, mesmo entre os demônios. Portanto, quando o diabo oferece ao homem alguma coisa que parece boa, por exemplo, uma cura, ela acaba em um desastre.

Devemos prestar atenção, desta forma, na fonte, e não no resultado aparente. Se a fonte é o inimigo, o inimigo é ódio, portanto, não pode nos oferecer nada por simpatia por nós. Podem ter certeza!

do livro Cura do Mal e libertação do maligno – de Frei Elias Vella

Três princípios contra as tribulações

Não há problema que seja maior que Deus


Diante das tribulações e sofrimentos os cristãos precisam ter três princípios espirituais.
Primeira lei espiritual:
"Tudo concorre para o bem dos que amam a Deus". Quando você luta contra a tribulação você não vai desanimar nem se afastar de Deus (cf. Rom 8, 28s).
Segundo o propósito de Deus as coisas acontecem em minha vida, não segundo os meus planos e meu querer. É preciso esperar no Senhor, esperar com “esperança”, com confiança. Muitos esperam desconfiando do Senhor e essa não é a maneira certa.

Se nós somos pessoas de fé, mesmo que pareça difícil, acreditamos que Deus cuida de nós. Não há problema que possa ser maior que o Todo-poderoso. Aos olhos do Senhor nós fomos feitos sem defeito, sem manchas, bonitos. "Tudo concorre para o bem de quem ama a Deus" (II Cor, 4 – 16-18). Cristão não desfalece, não perde o ânimo. Quando vivemos muitas pressões o nosso homem exterior não aguenta tanta pressão, mas se estamos bem interiormente, mesmo na dor, aguentamos. O nosso interior não pode ser cheio de coisas velhas, de ressentimentos. Mas, deve ser repleto do Espírito Santo. Não durma guardando ressentimento de alguém, mas ore por quem o feriu e seu coração será livre.


Segunda lei espiritual:
"Nossa tribulação é momentânea e ligeira".
Os sofrimentos, por mais duros que sejam, vão passar. Se você quer receber a glória de Deus, saiba que Ele o está adestrando para você suportar. Quando você sair de um sofrimento você sairá bem melhor, Deus lhe dará o melhor se aguentar com fé. Se você quer receber a glória de Deus, saiba que Ele o está adestrando para você aguentar.

Terceira lei espiritual:
"Nos gloriamos das tribulações"
São Paulo dizia que se via cheio de glória até na tribulação. Nós podemos ver de duas formas: "Ver problema onde tem bênção" ou "Ver bênção onde tem problema". Que tipo de pessoa você é? Benditas sejam as provações, cada tribulação nos vale muito a pena, pois através dela o Altíssimo nos mostra o que Ele quer para nós. O poder de Deus nos liberta do homem velho que exige sempre os seus direitos.

É bom ter pessoas que digam que nos amam, mas só nos ajudam a crescer pessoas que pegam em nosso pé, que quebram o nosso orgulho. Ajudamos mais quando fazemos o outro a sair de si e dando o melhor do que apontando seus defeitos. Quem se reveste da glória de Deus na tribulação consegue superar as dificuldades. Até as pessoas ao seu redor vão ficar felizes, verão o seu testemunho. Abraão foi um homem de fé e não vacilou, ele estava convencido de que Deus é fiel. Esteja convencido de que o Senhor é fiel e poderoso para cumprir o que prometeu. Ele nos deu Suas promessas, tem muita coisa boa para mostrar, mas Ele se revela por meio dos sofrimentos, por isso não amaldiçoe seus problemas, pois não há dificuldade e perseguição que Deus não possa reverter em bênção.

Dê oportunidade para o Todo-poderoso abençoá-lo hoje, diante do problema não olhe para a sua fraqueza, mas para a grandeza de Deus. O único que vai permanecer é o Deus fiel e poderoso! Agarre-se nesta palavra que o Senhor lhe deu hoje. Deus é fiel e poderoso e levará até o fim a obra que Ele começou.

Padre Antônio José - Canção Nova

Atividade sobre Pentecoste


Atividade sobre a Ascensão de Jesus1







Há pessoas que desejam saber só por saber, isso é curiosidade;

outras, para enriquecerem com a sua ciência, e isso é um negócio torpe;

outras, para serem edificadas, e isso é prudência;

outras, para edificarem os outros, e isso é amor.


S. Tomás de Aquino

26 de mai de 2009

Medalha e Oração de São Bento



A medalha de São Bento não é um "amuleto da sorte". Trata-se de um sacramental, isto é, um sinal visível de nossa fé. O uso habitual da medalha tem por efeito colocar-nos sob a especial proteção de São Bento, principalmente quando se tem confiança nos méritos de tão grande Santo e nas grandes virtudes da Cruz de Nosso Senhor Jesus Cristo! São numerosos os fatos maravilhosos atribuídos à esta medalha. Ela nos assegura poderoso socorro contra as ciladas do demônio e também para alcançar graças espirituais, com conversão, vitória contra as tentações, inimizades etc. Contudo, a medalha não age automaticamente contra as adversidades, como se fosse um talismã ou vara mágica. Todo Cristão, a exemplo de Jesus Cristo, deve carregar a sua cruz. Pois, é necessário que nossas faltas sejam expiadas; nossa fé seja provada; e nossa caridade purificada, para que aumentem nossos méritos. O símbolo da nossa redenção, a cruz, gravada na medalha não tem por fim nos livrar da prova; no entanto, a virtude da cruz de Jesus e a intercessão de São Bento produzirão efeitos salutares em muitas circunstâncias, a medalha concede, também, graças especiais para hora da morte, pois, São Bento com São José são padroeiros da boa morte. Para se ficar livre das ciladas do demônio é preciso, acima de tudo, estar na graça e amizade com Deus. Portanto, é preciso servi-lo e amá-lo, cumprindo, todos os deveres religiosos:
Oração, Missa dominical, recepção dos Sacramentos, cumprimento dos deveres de justiça; em uma palavra, cumprimento de todos os mandamentos da lei de Deus e da Igreja. Nem o demônio, nem alguma criatura, tem o poder de prejudicar verdadeiramente uma alma unida a Deus. Em resumo, o efeito da medalha de São Bento depende em grande parte das disposições da pessoa para com Deus e da observância dos requisitos acima mencionados.


Na frente da medalha são apresentados uma cruz e entre seus braços estão gravadas as letras C S P B, cujo significado é, do latim: Cruz Sancti Patris Benedicti - "Cruz do Santo Pai Bento".
Na haste vertical da cruz lêem-se as iniciais C S S M L: Crux Sacra Sit Mihi Lux - "A cruz sagrada seja minha luz".
Na haste horizontal lêem-se as iniciais N D S M D: Non Draco Sit Mihi Dux - "Não seja o dragão meu guia".
No alto da cruz está gravada a palavra PAX ("Paz"), que é lema da Ordem de São Bento. Às vezes, PAX é substituído pelo monograma de Cristo: I H S.
À partir da direita de PAX estão as iniciais: V R S N S M V: Vade Retro Sátana Nunquam Suade Mihi Vana - "Retira-te, satanás, nunca me aconselhes coisas vãs!" e S M Q L I V B: Sunt Mala Quae Libas Ipse Venena Bibas - "É mau o que me ofereces, bebe tu mesmo os teus venenos!".
Nas costas da medalha está São Bento, segurando na mão esquerda o livro da Regra que escreveu para os monges e, na outra mão, a cruz. Ao redor do Santo lê-se a seguinte jaculatória ou prece: EIUS - IN - OBITU - NRO - PRAESENTIA - MUNIAMUR - "Sejamos confortados pela presença de São Bento na hora de nossa morte". É representado também a imagem de um cálice do qual sai uma serpente e um corvo com um pedaço de pão no bico, lembrando as duas tentativas de envenenamento, das quais São Bento saiu, milagrosamente, ileso.

Oração para alcançar alguma graça:
Ó glorioso Patriarca São Bento, que vos mostrastes sempre compassivo com os necessitados, fazei que também nós, recorrendo à vossa poderosa intercessão, obtenhamos auxílio em todas as nossas aflições, que nas famílias reine a paz e a tranquilidade; que se afastem de nós todas as desgraças tanto corporais como espirituais, especialmente o mal do pecado. Alcançai do Senhor a graça ... que vos suplicamos, finalmente, vos pedimos que ao térnimo de nossa vida terrestre possamos ir louvar a Deus convosto no Paraíso. Amém.

25 de mai de 2009

Atividade sobre Nossa Senhora

Recebi da Monise, de Rio Tinto na Paraíba. Ela tem 17 anos e evangeliza crianças de 7 a 11 anos num grupinho de oração chamado Pequenos Adoradores, são cerca de 30 crianças. Ela toca e canta com a criançada! Foi ela quem preparou essa atividade sobre Nossa Senhora. Clique na imagem para copiar e não deixem de fazer seus comentários, ok?!





Que Deus Paizinho te abençoe, te santifique, te proteja e te dê perseverança nessa caminhada, Monise! Bjks!

Tia Paula

As Sementinhas

Teatro Infantil

Narrador: Viviam, embaixo da terra, numa casinha toda fechada, algumas sementinhas bem pequeninas.
Elas se encontravam no silêncio e na escuridão. Só queriam ficar dormindo...
Um dia ouviram um barulho forte:
" Pique-ploque! plique-ploque!
Acordaram Assustadas:
Primeira S.: O que foi isso? Tem alguém ai!
Segunda S.: Quem está fazendo esse plique-ploque
aí fora?
Chuva: Sou eu sementinhas. Vim refrescá-las e dar-lhes força para sairem daí debaixo da terra.
Terceira: Sentimos muito, mas só queremos dormir sossegadas.
Chuva: Mas eu viajei montes e vales só para ver vocês. Por favor, deixem-me entrar!
Quarta S.: Não, não, não. Temos medo, não queremos que ninguém entre aquí.
Quinta S.: Agora, Dona chuva, por favor vá embora e deixe a gente dormir.
Chuva: Está bem, eu vou. Mas vou voltar qualquer dia. Até logo sementinhas.
Todas: Até logo, dona chuva.

Narrador: As sementinhas voltaram a dormir, deram graças a Deus pela chuva ter ido embora. E as sementinhas ficaram no silêncio e na escuridão. E, se passou muito tempo...
Um dia elas ouviram outro barulhinho:
Vento(soprando com força) - Uh... uuuuh...
Quinta S. (assustadas): Ai, o que é isso!
Primeira S. (tentando ser valente): Quem está aí?
Vento: Sou eu. o vento, sementinhas!. Cheguei ventando hoje mesmo e já estou aquí para visitar vocês.
Quinta S.: Sentinos muito, mas nunca recebemos visitas. Por favor vá embora.
Vento: Mas eu posso fazer vocês crescerem se sairem para fora da terra.
Todas: Não, não, não.
Quinta S.: queremos ficar aquí mesmo, não queremos crescer.
Quarta S; Agora, tenha a bondade de ir embora e nos deixar dormir.
Narrador: O vento foi embora ventando triste. Disse que voltaria outro dia. As sementinhas deitaram-se novamente. Finalmente adormeceram. Mas não durou muito e começaram a sentir muito calor. O calor era tanto que acabaram acordando:
Terceira S.: Por que estou sentindo tanto calor? (todas se abanam)
Sol: Sementinhas!
Segunda S.: Chi, outro na nossa porta!
Primeira S.: Quem está aí?
Sol: eu sou o Sol, sementinhas. Vim visitar vocês!
Primeira S.: Nós ja dissemos para a chuva e para o vento e agora dizemos para você : nóos nuunca recebeemos visitas!
Sol: Mas nós só queremos ajudar vocês. se continuarem dormindo voc~es vão secar e se despedaçar. Queremos que vocês vivam e cresçame se transformemem lindas flores na superfície da terra.
Chuva: Abram a porta sementinhas!
Todas: Não, Não!
Sol: (severo): Sementinhas, ouçam bem: a mãe terra nos encarregou de criar vocês.E vocês sabem que devem obedecer sua mãe( as sementinhas olham umas para as outras e fazem sinal que sim com a cabeça.Levantam-se com medo):
Segunda sementinha: Está bem po... podem entrar.( o sol se aproxima, a chuva e o vento também.As sementinhas com medo de olhar fecham os olhos)
Terceira Sementinha(ainda com os olhos fechados): Não, não, não nos obrigue a sair de nossa casinha aconchegada!
Sol: Vocês terão uma casa muito maior e mais bonita.(Eles fazem as sementinhas, subir a escada colocando-as em fila).
Por favor , parem de tremer sementinhas. Eu vou conservá-las bem quentinhas.
Chuva: E se vocês ficarem com muito calor, por causa dos raios do sol, eu virei refrescá-las com as minhas gôtas brilhantes.
Vento: E eutambém, vou refrescá-las com minhas brisas mais suaves.
Sol: Abram os olhos sementinhas.Olhem em volta de vocês. (música: sementinhas - as sementinhas lentamente começam a abrir os olhos e a examinar tudo ao seu redor. Devagarinho elas começam a
sorrir).
Primeira Sementinha: Ah! Que terra mais linda!
Sol: Agora vocês não vão querer voltar mais para sua casinha, vão?
Todas Sementinhas: Não, não, não!
Narrador: As sementinhas transformam-se em plantas floridas.(arrancam os aventais pardos ).
Todas(cantando): (rítmo da música ciranda, cirandinha):
Nós queríamos dormir
Lá embaixo, sossegadas,
Mas agora nós dançamos,
Muito alegres, acordadas.

É gostoso ser semente,
E dormir bem escondida,
Mas é mais gostoso ainda
Ser florzinha colorida.

Ciranda, cirandinha
Vamos todos cirandar,
Vamos dar a meia volta,
Volta e meia vamos dar!

Fonte: http://www.catequisar.com.br/texto/teatro/ind.htm

24 de mai de 2009

Prece


Mantenha seus olhos puros para que Jesus possa olhar através deles.
Mantenha sua língua pura para que Jesus possa falar por sua boca.
Mantenha suas mãos puras para que Jesus possa trabalhar com suas mãos.
Mantenha sua mente pura para que Jesus possa pensar seus pensamentos em sua mente.
Mantenha seu coração puro para que Jesus possa amar com seu coração.
Peça a Jesus para viver sua própria vida em você porque:
Ele é a Verdade da humildade.
Ele é a Luz da caridade.
Ele é a Vida da santidade.
Madre Tereza de Calcutá

22 de mai de 2009

Encontro de Servos - Ministério para Crianças


“Eu lhes garanto: se vocês não se converterem, e não se tornarem como crianças, vocês nunca entrarão no Reino do Céu.”

Mateus 18, 3


Dias 20 e 21 de Junho/09
Local: Comunidade Sagrada Família - Bairro Jaguari (Entrada para Ajinomoto) - Limeira/SP
Horários: Início dia 20 (sábado) às 8h
Término dia 21 (domingo) às 16h
Valor: R$ 10,00

Serão desenvolvidas Oficinas de:
  • Querigma das Cores
  • Brinquedos e Brincadeiras que Evangelizam
  • Contação de Histórias Bíblicas
  • Materiais Visuais para Evangelização

- É necessário levar: Roupa de cama e banho
- Ônibus saindo da Catedral N. Srª das Dores (Limeira) às 7h15 no sábado (R$ 5,00 ida e volta)


IMPORTANTE

Por gentileza, confirme sua presença até o dia 15 de junho
para que melhor seja organizado o encontro.

Informações e confirmação:

(19) 3441.5329 – Ramal 210 (Escritório RCC) ou
3445.2537 / 3039.6095 (tia Paula)

O problema dos outros pode ser seu também


Um rato, olhando pelo buraco na parede, vê o fazendeiro e sua esposa abrindo um pacote.Pensou logo no tipo de comida que poderia haver ali.

Ao descobrir que era uma ratoeira ficou aterrorizado.

Correu ao curral da fazenda advertindo a todos:

- Há uma ratoeira na casa! Há uma ratoeira na casa!

A galinha disse:

- Desculpe-me Senhor Rato, eu entendo que isso seja um grande problema para o senhor, mas não me prejudica em nada, não me incomoda.

O rato foi então até o porco e lhe disse:

- Senhor Porco, há uma ratoeira na casa, uma ratoeira...

O porco disse:

- Desculpe-me Senhor Rato, mas não há nada que eu possa fazer, a não ser rezar. Fique tranqüilo que o senhor será lembrado nas minhas preces.

O rato dirigiu-se então à vaca.

A vaca lhe disse:

- O que Senhor Rato? Uma ratoeira? Por acaso estou em perigo?

- Acho que não Senhora Vaca... Respondeu o rato.

Então o rato voltou para seu canto, cabisbaixo e abatido, para encarar a ratoeira do fazendeiro sozinho.

Naquela noite ouviu-se um barulho, como o de uma ratoeira pegando sua vítima. A mulher do fazendeiro correu para ver o que havia pego.

No escuro, ela não viu que a ratoeira havia pego a cauda de uma cobra venenosa. E a cobra picou a mulher.

O fazendeiro a levou imediatamente ao hospital era grave, porém por um milagre se recuperou e voltou para casa, mas com muitos cuidados.
Saúde abalada nada melhor que uma canja de galinha. O fazendeiro pegou seu cutelo e foi providenciar o ingrediente principal, a galinha.

Como a doença da mulher continuava, os parentes, amigos e vizinhos vieram visitá-la. Para alimentá-los, o fazendeiro matou o porco.

A mulher se recuperou e o fazendeiro feliz da vida resolveu dar uma festa, matou a vaca para o churrasco...


MORAL DA HISTÓRIA:

Na próxima vez que você ouvir dizer que alguém está diante de um problema e acreditar que o problema não lhe diz respeito, lembre-se que quando existir uma ratoeira todos correm risco.


21 de mai de 2009

Desabafo

"É um absurdo o quanto os programas de televisão vêm abusando cada vez mais das inocentes e indefesas crianças. Atualmente, se vê uma mãe procurando um "genro" (como dizem em algumas notícias) afim de fazer par romântico com sua filha em um filme, sendo que esta não tem 12 ou 13 anos de idade, a ponto de fazer campanha no próprio programa na televisão. E isto tem provocado um grande choque emocional para as famílias dos eliminados deste concuso, por conta de estar, de certa forma, brincando com os sentimentos (com os sonhos) alheios; e digo não somente da parte dos pais, mas muito mais intensamente das crianças. E como se não bastasse, em uma outra emissora, o próprio empresário e apresentador tem agido muitas vezes como um agressor enrustido, por trás da figura de um "bom velhinho", brincalhão e bobão, que sem fazer medidas de seus atos e palavras, tem "magoado" (como a própria menina diz), e profundamente, a ponto de a menina chorar descontroladamente no programa que é ao vivo e ainda bater com a cabeça no palco. Imaginem, caríssimos, o quanto isto não pode prejudicar esta criança num futuro, e digo mais: nem tão distante assim. Imaginem o constrangimento que pôde sua mãe ter passado naquele momento ao ver a sua filha saindo do palco naquela situação, e já com uma certa responsabilidade que não é característica típica de criança, a ponto de se preocupar tão intensamente com o seu trabalho, como se fosse gente grande... E o pior de tudo, o brincalhão do apresentador, se divertindo com aquela situação, ainda incentiva a platéia a bater palma diante daquela trágica situação.... É um absurdo, de fato. Em vista da mídia estar cada vez mais avançando os espaços de nossas casas, e chamando cada vez mais a atenção destas indefesas crianças e o pior, usando destas crianças como mamulengos para atrairem a nossa atenção, de forma a alcancarem um maior índice de audiência, devemos compreender que é necessário adequar cada vez mais os programas televisivos para as crianças. Sim... porém, mais do que uma adequação de conteúdo, precisa-se de um acompanhamento psicológico para a preparação deste programa, para que este possa atingir a criança com benefícios, afim de lhe trazer entretenimento, diversão; e não da maneira como geralmente os diversos programas têm atingido, com incentivo à violência (em muitos desenhos animados), com agressão moral, sem o mínimo de discernimento em relação ao que se diz ou ao que se faz, e principalmente, se o programa é ao vivo - pois se já é difícil para um adulto, que tem uma certa "bagagem nas costas", já tem alguma experiência, fazer um programa ao vivo, imaginem, caríssimos, para uma criança, que tudo para ela é aprendizado, para tudo age com brincadeira, mas aquela brincadeira para ela é tão importante como a seriedade é para o adulto. É através da brincadeira que a criança vai desenvolvendo o seu aprendizado, seu auto-conhecimento, o conhecimento do mundo, ela começa a ter noção das coisas (do que pode, e do que não pode), através de suas brincadeiras. Com isso, gostaria de partilhar os meus lamentos e destacar os links da notícia e dos vídeos onde mostram as trágicas cenas, para quem quiser verificar os detalhes do que vos digo, mas vai um alerta: PARA QUEM NÃO AGUENTA VER UMA CRIANÇA CHORANDO DESCONTROLADAMENTE E SENDO DEBOCHADA AO VIVO EM UM PROGRAMA DE TELEVISÃO E, ACIMA DE TUDO, EM UM CANAL ABERTO, AS IMAGENS SÃO FORTES!!!
Vídeo 1: "Primeira situação constrangedora": http://www.youtube.com/watch?v=CpRAcOHgqmw&feature=related
Vídeo 2: "Pôr o dedo na ferida de uma criança": http://www.youtube.com/watch?v=XiUymzmStMk
Que Deus proteja as nossas crianças.
--------------------------------------------------------------
Antunes Norberto 8843-9873 / 3227-1072
Lic. Química - UFPI - Período VII.
Ministério para Crianças - RCC.
Liturgia Infantil - Matriz da Paróquia S. João Evangelista.
A.R.S. - Arquidiocese de Nossa Senhora das Dores.
Acesse: ars-the.blogspot.com"
Recebi por e-mail de um irmão de Terezina, no Piauí e compartilho com sua opinião.

Atividade sobre a Ascensão de Jesus

Jesus disse aos seus discípulos que ia para o Céu, mas que de lá Ele continuaria intercedendo por todos nós.
Ontem, dia 20 de maio, comemoramos a Ascensão de Jesus ao Céu.
Jesus foi preparar o nosso lugar ao lado de Deus, então a gente tem que fazer o bem, amar e ser feliz, sempre bendizendo a Deus porque Ele está a nossa espera.
Vamos fazer essa atividade?


18 de mai de 2009

Pedofilia atinge uma em cada cinco crianças que acessam web

Pedofilia atinge uma em cada cinco crianças que acessam web, diz associação
Publicidade da Efe, em Genebra
O secretário-geral da União Internacional de Telecomunicações (UIT), Hamadoun Touré, afirmou que uma em cada cinco crianças que navegam pela internet é alvo de pedófilos anualmente. A declaração foi feita nesta sexta-feira (15).
"Além disso, três de cada quatro crianças estão dispostas a compartilhar on-line informação pessoal sobre eles mesmos e sua família, em troca de bens e serviços", afirmou Touré, em comunicado divulgado hoje, por ocasião da celebração do Dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade da Informação, em 18 de maio.

Associação afirma que uma em cada cinco crianças são alvo de pedofilia na internet
A proteção das crianças no ciberespaço será o eixo central dessa comemoração, que "pretende garantir que as crianças possam acessar a internet e seus valiosos recursos sem ser assediadas por pessoas sem escrúpulos".
Já o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, declarou que "o mundo virtual oferece excitantes possibilidades para educar a infância e ajudar as crianças a se tornarem seres adultos criativos e produtivos. Porém, temos que ficar atentos aos perigos que podem deixar cicatrizes indeléveis em suas vidas".
Nesse sentido, Ban lembrou que "as crianças e os jovens estão entre os usuários mais prolíficos da internet e celulares".
"Sem a devida proteção, suas valiosas vidas correm graves riscos no perverso mundo dos 'ciberdeliquentes' e dos pedófilos, que sempre estão em busca de presas fáceis", obsevou Ban.
Para acabar com essa ameaça, Touré defendeu a criação "de uma rede mundial que proteja as crianças na internet, aplicando legislações nacionais, aumentando a sensibilização do público e melhorando a capacidade de reação dos países em matéria de informática".
Além disso, o Dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade da Informação procura "sensibilizar a população sobre o potencial das TIC (Tecnologias de Informação e Comunicação) em matéria de desenvolvimento e de economia, assim como sobre o papel de internet como recurso mundial", detalhou o responsável da UIT.
Com mais de 600 milhões de usuários na Ásia, 130 milhões na América Latina e no Caribe e 50 milhões na África, Ban Ki-moon assegurou que "a internet se transformou em um meio de comunicação em constante expansão".
Entre as atividades programadas para esse dia, a UIT premiará três personalidades por "terem aproximado os benefícios da internet a cada ponto do planeta, protegendo, por sua vez, os interesses dos usuários, especialmente as crianças".

Ascensão de Jesus







No dia 20 de maio comemoramos o Dia da Ascensão de Jesus. Neste dia, precisamos refletir que devemos sempre buscar fazer o bem para os outros em todos os momentos de nossas vidas.
Os apóstolos foram para a Galiléia, para a montanha indicada por Jesus. Quando eles viram Jesus, o adoraram. Jesus disse a eles:
“Toda a autoridade me foi dada no Céu e na Terra. Vão, agora, vocês por todas as nações, batizando em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo (É o Sacramento do Batismo). Ensinem a viver todas as coisas que eu tenho mandado que vivam. Eu estou com vocês todos os dias, até o fim do mundo.”
Jesus também disse:
“Descerá sobre vocês o Espírito Santo e lhes dará força e serão minhas testemunhas (os que contarão a todos o que viram e ouviram de Jesus).”
Dizendo isso, elevou-se do chão e subiu ao Céu. Seus amigos estavam olhando para cima, quando lhes apareceram dois homens de branco que disseram:
“Por que estão olhando para o céu?”
E disseram eles que Jesus voltaria do mesmo modo que o viram subir para o Céu.
Fonte: Cantinho da Criança
“A criança é o princípio sem fim.
O fim da criança é o princípio do fim.
Quando uma sociedade deixa matar as crianças é porque começou seu suicídio como sociedade.
Quando não as ama é porque deixou de se reconhecer como humanidade.
Afinal, a criança é o que fui em mim e em meus filhos enquanto eu e humanidade.
Ela, como princípio, é a promessa de tudo. É minha obra livre de mim.
Se não vejo na criança, uma criança, é porque alguém a violentou antes, e o que vejo é o que sobrou de tudo que lhe foi tirado. Diante dela, o mundo deveria parar para começar um novo encontro, porque a criança é o princípio sem fim e seu fim é o fim de todos nós.”

Herbert de Sousa (BETINHO) -Sociólogo

Conheça softwares para proteger a navegação on-line das crianças

Programas e navegadores permitem bloqueio de conteúdo impróprio. Além de ferramentas, pais devem ficar atentos à navegação dos filhos.

Como bloquear nos navegadores (como Internet Explorer e Firefox) o acesso a sites que não devem ser visitados por crianças?
O Internet Explorer tem um recurso próprio para controle de conteúdo. Ele está disponível no Painel de Controle, em Opções da Internet. Lá, a aba “Conteúdo” traz logo no início o Supervisor de conteúdo. Por ali é possível habilitá-lo e configurá-lo, de acordo com uma série de tipos de conteúdo que serão restritos ou bloqueados.
O Firefox não acompanha nenhum tipo de bloqueio por padrão. Mas existem extensões capazes de adicionar essa funcionalidade. Dois exemplos gratuitos são o Parental Control Bar, que usa o mesmo sistema do controle do Internet Explorer, e o ProCon Latte (sem nenhuma relação com o órgão brasileiro de defesa do consumidor).
O Parental Control Bar também funciona no Safari, da Apple (baixe o navegador para Windows e para Mac).

Quais filtros de segurança instalar no computador para dificultar acesso das crianças a conteúdo inapropriado?
A internet é um meio de comunicação bem flexível. Por isso, existem várias outras maneiras de acessar os conteúdos que vão além da navegação pela web. Alguns programas específicos de filtragem podem auxiliar a monitoração ou filtragem em outros protocolos de internet, como bate-papo (IRC) e comunicação instantânea (MSN).
Por exemplo, um firewall – normalmente usado para proteção contra ataques de hackers ao PC – pode ser usado para bloquear o acesso ao MSN e às redes de IRC.
O Baixatudo tem uma lista desses softwares. Pesquisas na internet revelarão outras páginas informativas, como esta mantida pela Mozilla. A própria Microsoft oferece o gratuito Segurança da Família, antes parte da suíte OneCare, que estende os recursos de controle dos pais do Windows Vista às versões anteriores do sistema (ou às edições do Vista que não têm o recurso).

Qual a diferença entre bloquear o acesso com o uso de navegadores e com os filtros de segurança? Considera alguma dessas alternativas mais eficaz?
Na maioria dos casos, um filtro externo ao navegador simplesmente tentará realizar o mesmo tipo de filtragem de outra maneira, não havendo muita diferença no funcionamento prático. Eles são mais comuns em redes empresariais, onde é mais conveniente e seguro manter um sistema central de bloqueio do que um individual funcionando em cada computador. Existem até mesmo dispositivos de hardware para efetuar filtragem.

Existe algum programa que permita aos pais visualizar as páginas que seus filhos acessaram durante a navegação?
Sim. O próprio Windows Vista, em algumas de suas edições, é acompanhado de um recurso que permite essa visualização. Mas ele vai mais longe do que ver apenas os sites e registra também quais programas foram executados (quando e quantas vezes), quais arquivos foram baixados e quanto tempo o computador foi usado. A Microsoft tem um tutorial explicando a configuração do Controle dos Pais.
Existem ainda muitos outros softwares, com funções que registram as mais variadas atividades na rede, incluindo até mesmo as conversas completas em programas de mensagem instantânea. Com os programas mais invasivos – especialmente os que são usados também de forma maliciosa – é possível gravar alguns vídeos ou tirar fotos em períodos fixos, se o computador possuir uma webcam.
Vale dizer que esse tipo de programa pode ser considerado uma forma de espionagem. Normalmente, quando usados para descobrir algo sobre um(a) namorado(a) ou outro adulto qualquer, são altamente questionáveis. Por isso, é bom ter cuidado com seu uso. No caso de adolescentes, seu uso passa a ser polêmico; este colunista não recomenda, mas, como sempre em questões familiares, é preciso que os pais conheçam os filhos para saberem quais as medidas que são necessárias.

Quais os programas e recursos que os pais devem adotar se quiserem “blindar” um computador antes de dá-los aos filhos?
O primeiro passo é configurar contas diferentes de usuário para cada membro da família. É preciso se adaptar ao uso de logon/logoff e ter certeza que todas as contas são protegidas por senhas. As contas das crianças devem ser limitadas para impedir que as configurações de segurança e dos filtros sejam modificadas.
Configurar as atualizações automáticas no Painel de Controle e usar um antivírus é básico. Depois, alguns filtros – como o que acompanha o Windows Vista – permitem o bloqueio de downloads, o que também é importante para ajudar a proteger o computador.
A segurança maior normalmente vem em troca de flexibilidade e facilidade de uso: o filtro de navegação mais seguro é o chamado de “whitelisting” (listagem branca). Nessa configuração, todas as páginas de internet são bloqueadas, exceto aquelas que foram explicitamente permitidas. Isso garante que nenhum site fora de uma lista limitada – contendo sites de notícias, jogos e etc, configuráveis pelos pais – sejam acessados. Qualquer outra página necessitará da aprovação prévia.
Com isso não será possível acessar, pelo menos acidentalmente, páginas infectadas ou contendo qualquer conteúdo questionável. No entanto, será preciso adicionar novos sites à lista com frequência, conforme a criança for criando interesse por outras páginas.

Softwares específicos para crianças, como navegadores infantis, são eficazes para as crianças navegarem com segurança?
Os filtros desses programas dificilmente serão melhores do que os oferecidos externamente ou em outros navegadores. Os filtros em navegadores “para adultos” também são usados em empresas e outros locais onde o bloqueio é tão ou mais importante quanto para as crianças.
Os softwares específicos para as crianças têm como diferencial relevante as interfaces mais amigáveis, coloridas, mais simples e com menos opções. Normalmente o público-alvo desses softwares são as crianças ainda em fase de alfabetização ou não alfabetizadas, incapazes de usar um navegador “completo”.
A adoção dessas ferramentas e ações sugeridas protege 100% os menores de sites inadequados e de outros perigos da internet?
Não. A “listagem branca”, sugerida acima, é que a chega mais próximo disso. No entanto, é complicada de manter por causa da sua rigidez. Ela pode funcionar para crianças bem pequenas – até uns 8 anos –, que vão acessar um número reduzido de sites. E talvez é a única idade na qual realmente valha a pena usar esse tipo de filtragem.
Depois disso, não tardará para que a criança (ou, no caso, adolescente) tenha acesso a computadores em outros locais, ou mesmo sistemas públicos que provavelmente não podem ter uma filtragem tão rígida e que é, portanto, menos segura. Burlar os sistemas de proteção não costuma ser muito difícil, também: se um adolescente estiver sozinho em casa e iniciar o computador com um LiveCD do Linux, por exemplo, qualquer proteção configurada no computador não entrará em efeito.
Sempre que possível o ideal é realmente supervisionar o uso do computador diretamente, participar do processo de descobrimento da internet. É preciso que você, como pai ou mãe, também conheça a internet e entenda que ela pode ser uma amiga e não a vilã. Se a criança entender isso, e for educada para ficar longe de conteúdos inapropriados, os filtros não serão necessários.
* Altieres Rohr é especialista em segurança de computadores e, nesta coluna, vai responder dúvidas, explicar conceitos e dar dicas e esclarecimentos sobre antivírus, firewalls, crimes virtuais, proteção de dados e outros. Ele criou e edita o Linha Defensiva, site e fórum de segurança que oferece um serviço gratuito de remoção de pragas digitais

FONTE: PORTAL G1

1°Encontro Estadual do Ministério para as Crianças de Minas Gerais.

SÓ PRA GENTE FICAR COM ÁGUA NA BOCA AÍ VAI A RELAÇÃO DOS WORKSHOP PARA O CONGRESSO ESTADUAL. ESCOLHA LOGO O SEU!
Evangelização com histórias infantis - Ariadna de BH
Acampamento infantil - Filhos de Davi de BH
Como implantar ONGs - Patrícia de BH
Psicologia infantil - Myles Elias de BH
Evangelização em centros infantis - Adélia de BH
Resgate dos pais pelas crianças - Aparecida de BH
Evangelização em festas infantis - André de BH
O terço do amor de Deus - Nádia Vale de Araguari
Como pregar para as crianças - Daniela de Uberlândia
Brinquedoteca - Milena Luciana de Juíz de Fora
Jogos - Fabiano Santana de Sete Lagoas
Comunicação - Eliane de Divinópolis
Maquiagem e pintura facial - Renato e Lynea de Uberlândia
Origami com crianças - Roberta de Uberlândia
Teatro e manipulação de fantoches - Renato de Uberlândia
Renovando a catequese - Linda Fábia de Uberlândia
Louvor com crianças - Érika de Mariana
E muito mais!!!!!!!
FAÇA JÁ A SUA INSCRIÇÃO! NÃO FIQUE DE FORA
Quer saber mais sobre o Congresso Estadual de MG???
Clique aqui:

Quem é o Espírito Santo?


Segundo o Catecismo da Igreja Católica (CIC), o Espírito Santo é a "Terceira Pessoa da Santíssima Trindade". Quer dizer, havendo um só Deus, existem nele três pessoas diferentes: Pai, Filho e Espírito Santo. Esta verdade foi revelada por Jesus em seu Evangelho.
O Espírito Santo coopera com o Pai e o Filho desde o começo da história até sua consumação, quando o Espírito se revela e nos é dado, quando é reconhecido e acolhido como pessoa. O Senhor Jesus no-lo apresenta e se refere a Ele não como uma potência impessoal, mas como uma Pessoa diferente, com seu próprio atuar e um caráter pessoal.
O Espírito Santo, o Dom de Deus
"Deus é Amor" (Jo 4,8-16) e o Amor que é o primeiro Dom, contém todos os demais. Este amor "Deus o derramou em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado" (Rm 5,5).
Poste que morremos, ou ao menos, fomos feridos pelo pecado, o primeiro efeito do Dom do Amor é a remissão de nossos pecados. A Comunhão com o Espírito Santo, "A graça do Senhor Jesus Cristo, e a caridade de Deus, e a comunicação do Espírito Santo sejam todos vossos" (2Cor 13,13;) é a que, na Igreja, volta a dar ao batizados a semelhança divina perdida com o pecado.
Pelo Espírito Santo nós podemos dizer que "Jesus é o Senhor", quer dizer para entrar em contato com Cristo é necessário Ter sido atraído pelo Espírito Santo.
Mediante o Batismo nos é dado a graça do novo nascimento em Deus Pai por meio de seu Filho no Espírito Santo. Porque os que são portadores do Espírito de Deus são conduzidos ao Filho; mas o Filho os apresenta ao Pai, e o Pai lhes concede a incorruptibilidade. Portanto, sem o Espírito não é possível ver ao Filho de Deus, e sem o Filho, ninguém pode aproximar-se do Pai, porque o conhecimento do Pai é o Filho, e o conhecimento do Filho de Deus se alcança pelo Espírito Santo.
Vida e Fé. O Espírito Santo com sua graça é o "primeiro" que nos desperta na fé e nos inicia na vida nova. Ele é quem nos precede e desperta em nós a fé. Entretanto, é o "último" na revelação das pessoas da Santíssima Trindade.
O Espírito Santo coopera com o Pai e o Filho desde o começo do Desígnio de nossa salvação e até sua consumação. Somente nos "últimos tempos", inaugurados com a Encarnação redentora do Filho, é quando o Espírito se revela e nos é dado, e é reconhecido e acolhido como Pessoa.
O Paráclito. Palavra do grego "parakletos", o mediador, o defensor, o consolador. Jesus nos apresenta ao Espírito Santo dizendo: "O Pai vos dará outro Paráclito" (Jo 14,16). O advogado defensor é aquele que, pondo-se de parte dos que são culpáveis devido a seus pecados os defende do castigo merecido, os salva do perigo de perder a vida e a salvação eterna. Isto é o que Cristo realizou, e o Espírito Santo é chamado "outro paráclito" porque continua fazendo operante a redenção com a que Cristo nos livrou do pecado e da morte eterna.
Espírito da Verdade: Jesus afirma de si mesmo: "Eu sou o caminho, a verdade e a vida" (Jo 14,6). E ao prometer o Espírito Santo naquele "discurso de despedida" com seus apóstolos na Última Ceia, diz que será quem depois de sua partida, manterá entre os discípulos a mesma verdade que Ele anunciou e revelou.
O Paráclito, é a verdade, como o é Cristo. Os campos de ação em que atua o Espírito Santo são o espírito humano e a história do mundo. A distinção entre a verdade e o erro é o primeiro momento de tal atuação.
Permanecer e atuar na verdade é o problema essencial para os Apóstolos e para os discípulos de Cristo, desde os primeiros anos da Igreja até o final dos tempos, e é o Espírito Santo quem torna possível que a verdade sobre Deus, o homem e seu destino, chegue até nossos dias sem alterações.

12 de mai de 2009

O Direito das Crianças

Ruth Rocha


Toda criança no mundo
Deve ser bem protegida
Contra os rigores do tempo
Contra os rigores da vida.


Criança tem que ter nome
Criança tem que ter lar
Ter saúde e não ter fome
Ter segurança e estudar.


Não é questão de querer
Nem questão de concordar
Os diretos das crianças
Todos tem de respeitar.


Tem direito à atenção
Direito de não ter medos
Direito a livros e a pão
Direito de ter brinquedos.

Mas criança também tem
O direito de sorrir.
Correr na beira do mar,
Ter lápis de colorir...


Ver uma estrela cadente,
Filme que tenha robô,
Ganhar um lindo presente,
Ouvir histórias do avô.


Descer do escorregador,
Fazer bolha de sabão,
Sorvete, se faz calor,
Brincar de adivinhação.


Morango com chantilly,
Ver mágico de cartola,
O canto do bem-te-vi,
Bola, bola,bola, bola!


Lamber fundo da panela
Ser tratada com afeição
Ser alegre e tagarela
Poder também dizer não!



Carrinho, jogos, bonecas,
Montar um jogo de armar,
Amarelinha, petecas,
E uma corda de pular.


Um passeio de canoa,
Pão lambuzado de mel,
Ficar um pouquinho à toa...
Contar estrelas no céu...


Ficar lendo revistinha,
Um amigo inteligente,
Pipa na ponta da linha,
Um bom dum cahorro-quente.


Festejar o aniversário,
Com bala, bolo e balão!
Brincar com muitos amigos,
Dar pulos no colchão.


Livros com muita figura,
Fazer viagem de trem,
Um pouquinho de aventura...
Alguém para querer bem...


Festinha de São João,
Com fogueira e com bombinha,
Pé-de-moleque e rojão,
Com quadrilha e bandeirinha.


Andar debaixo da chuva,
Ouvir música e dançar.
Ver carreiro de saúva,
Sentir o cheiro do mar.


Pisar descalça no barro,
Comer frutas no pomar,
Ver casa de joão-de-barro,
Noite de muito luar.


Ter tempo pra fazer nada,
Ter quem penteie os cabelos,
Ficar um tempo calada...
Falar pelos cotovelos.


E quando a noite chegar,
Um bom banho, bem quentinho,
Sensação de bem-estar...
De preferência um colinho.


Uma caminha macia,
Uma canção de ninar,
Uma história bem bonita,
Então, dormir e sonhar...


Embora eu não seja rei,
Decreto, neste país,
Que toda, toda criança
Tem direito a ser feliz!

11 de mai de 2009

MARIA, IMACULADA


"Ao longo dos séculos a Igreja tomou consciência de que Maria, cumulada de graça por Deus (Lc 1, 28), foi redimida desde a concepção. É isto que confessa o dogma da Imaculada Conceição, proclamado em 1854 pelo Papa Pio IX:

'A beatísima Virgem Maria, no primeiro instante de sua conceição, por singular graça e privilégio de Deus Onipotente, em vista dos méritos de Jesus Cristo, Salvador do gênero humano, foi preservada imune de toda mancha de pecado original'

Esta santidade inteiramente singular da qual Maria é enriquecida desde o primeiro instante de sua conceição lhe vem inteiramente de Cristo: Em vista dos méritos de seu filho, foi redimida de um modo mais sublime. Mais do que qualquer outra pessoa criada, o Pai abençoou com toda sorte de bençãos espirituais, nos céus, em Cristo (Ef 1, 3). Ele a escolheu Nele, desde antes da fundação do mundo, para ser santa e imaculada na sua presença, no amor." (CIC 491-492)

"Os relatos evangélicos entendem a conceição virginal como uma obra divina que ultrapassa toda compreensão e toda possibilidade humanas. 'O que foi gerado nela vem do Espírito Santo', diz o anjo a José acerca de maria, sua noiva (mt 1, 20). A Igreja vê aí o cumprimento da promessa divina dada pelo profeta Isaías: 'Eis que a Virgem conceberá e dará à luz um filho'. (CIC 497)

Os que dizem que Maria teve outros filhos se baseiam nestas palavras de Marcos: "Por acaso não é ele o carpinteiro , filho de Maria e irmão de Tiago, José, Judas e Simão?" (Mc 6, 3; Lc 8, 19). A palavra irmão, aqui, tem significado de "primo ou parente próximo", pois a língua aramaica, que os judeus falavam no tempo de Jesus e que os evangelistas supõem, era uma língua pobre em vocábulos. A palavra aramaica e hebraica "irmão" podia significar não somente os filhos dos mesmos genitores, mas também primos ou parentes próximos.

Então quem era Tiago, José, Judas e Simão? A mãe de Jesus tinha uma prima ou parente próxima que também se chamava Maria, casada com Cléofas. De fato, lemos na Bíblia: "perto da cruz de Jesus, permaneciam de pé sua mãe e a irmã de sua mãe, Maria, mulher de Cléofas". (jo 19, 25). Tiago e José eram filhos de Cléofas com a parente de Nossa Senhora, que se chamava Maria. De fato lemos "Entre elas se achavam Maria Madalena e Maria, mãe de Tiago e José" (Mt 27, 56). Judas era irmão de Tiago (Lc 6, 16; Jd 1). Logicamente todos eram primos de Jesus, ou parentes próximos. Como também Simão, pelo mesmo motivo. O fato de, no Evangelho, eles sempre aparecerem com Maria, embora não fosse seus filhos, mas sobrinhos, explica-se do seguinte modo: no judaísmo antigo, a mulher não costumava apresentar-se sozinha em público, mas sempre acompanhada por parentes próximos do sexo masculino. Ora, julgava-se que José, esposo de Maria, tenha falecido antes do início da vida pública de Jesus; quando este saiu de casa para iniciar sua missão, Maria passou a ser acompanhada pelos "irmãos" de Jesus, ou seja, pelos primos, que eram sobrinhos de Maria. Jesus chamava os discípulos de "irmãos" (Mt 28, 10). Nesta passagem do Evangelho de S. mateus Jesus não despreza Maria, afinal quem mais que ela fazia a vontade de Deus?

Há muitos exemplos na Bíblia onde parentes próximos são chamados de irmãos:

"Disse Abraão a Lot: Peço-te que não haja rixas, pois somos irmãos" (Gn 13, 8) - Abraão não era irmão de Lot, mas tio.
"Eleazar morreu e não teve filhos, mas filhas, e estas se casaram com os filhos de Cis, seus irmãos" (1Cr 23, 22) - as filhas de Eleazar eram primas dos filhos de Cis.
Veja também; Ex 2, 11; Mt 23, 8; Mt 5, 21-22; 1Cor 15, 16

"A partir daquele momento o discípulo levou-a para sua casa". (Jo 19, 26-27) - Jesus no calvário entregou sua mãe a João, o evangelista, se Maria tivesse tido outros filhos, teria ficado com eles.

Maria deu à luz seu primogênito" (Lc 2, 7) - esta palavra "primogênito" só tem valor legal para os judeus, pois todo primogênito devia ser apresentado ao templo para ser consagrado a Deus (Ex 13, 1; 34, 19). Há alguns anos foi descoberta uma inscrição num sepulcro do tempo de Jesus em que a falecida, uma certa Arsinoé, morreu ao dar à luz o seu "primogênito". Portanto, dizer que Maria deu à luz seu primogênito não significa que ela teve outros filhos depois.
Jesus é o filho único de Maria. Mas a maternidade espiritual de Maria estende-se a todos os homens que Ele veio salvar. 'Ela gerou seu filho, do qual Deus fez primogênito entre a multidão de irmãos (Rom 8, 29), isto é, entre os fiéis, em cujo nascimento e educação ela coopera com amor materno". (CIC 501)

Alguns também usam a passagem do Evangelho de Mateus que diz que S. José não conheceu Maria (ou seja, não teve relações) até que ela tivesse dado à luz (Mt 1, 25), mas isto não é base para dizer que depois ele a tenha conhecido. A expressão "até que" corresponde ao hebraico "ad ki", que designa apenas o que se deu (ou não se deu) no passado, sem indicação do que havia de acontecer no futuro. Tenhamos em vista, por exemplo, Genesis 8, 7: dizendo que o corvo, que saiu da arca de Noé, não voltou até que as águas secassem, estaríamos afirmando que após o dilúvio o corvo retornou (Gn 8, 7). E o Salmo 110, 1 que ordena: 'Assenta-te à minha direita até que ponha teus inimigos por escabelo dos teus pés', quererá dizer que depois disso ele deixou de assentar à direita de Deus. Ver também 1Tm 4, 13.

Como pode-se compreender que haja homens inteligentes que julguem engrandecer o Filho de Deus diminuindo a sua mãe? Não se ganha a simpatia de um filho desprezando ou tendo em menos sua mãe. como pode alguém chamar Maria "mulher qualquer", e gloriar-se ao mesmo tempo de ler e reler a Bíblia? Escolheria Deus uma "mulher qualquer" para mãe do Seu Unigênito, havendo no mundo milhões e milhões de mulheres?

"Cada alma, que se dá sem limites à Imaculada, testemunha que é por Ela deseja encontrar o Senhor Jesus, e por Jesus chegar a Deus Pai. Ela tudo recebeu de Deus. Sendo a mais perfeita criatura, toda homenagem que lhe é dirigida, vai naturalmente para Deus. se admiramos a imagem, honramos a Deus. Quanto mais homenageamos a perfeição divina que está na Virgem Maria, mais esta homenagem para Deus é perfeita, é normal, pois Deus a criou na maior perfeição"

São Maximiliano Kolbe

10 de mai de 2009

MARIA, MEDIANEIRA


"É vontade de Deus que tudo nos venha por Maria".

São Bernardo

Maria não substitui a Cristo, o único Salvador e Mediador entre Deus e os homens. Na verdade, sendo Jesus Cristo a Salvação em pessoa, a fonte de todas as graças, Nossa Senhora, ao assumir a condição de sua mãe, tornou-se a medianeria de todas essas mesmas graças. Maria não é deusa, mas colaboradora e animadora. Negar a colaboração de Maria no projeto de salvação é negar a natureza humana de Jesus Cristo, recebida de Nossa Senhora, é reduzir o "sim" de Maria a nada.


Mediador = que, ou aquele que medeia ou intervém.
Medianeiro = que, ou aquele que executa os desígnios.

MARIA, MÃE DE DEUS


"E Isabel ficou repleta do Espírito Santo e com grande grito exclamou: Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre. Donde me vem que a mãe do meu Senhor me visite?"
Lc 1, 41-43


Em Deus há três pessoas: Pai, Filho e Espírito Santo. O Filho, eterno como o Pai e o Espírito Santo, por vontade do Pai se encarna para salvar a humanidade. A divindade do filho de Deus se uniu à humanidade no seio de Maria, e esta, por obra do Espírito Santo, gerou, deu à luz a pessoa de Jesus Cristo, que é Filho de Deus. Maria, então sendo mãe de Jesus Cristo e este sendo homem e Deus, é mãe do Filho de Deus feito homem.

"Não seria exato dizer que Maria é simplesmente mãe de um homem, que ao mesmo tempo é Deus, como se sua maternidade se limitasse somente ao lado humano de Jesus. É preciso deixar claro que Maria gerou o Homem-Deus. É isso que indicamos quando dizemos que Maria é mãe de Deus".
Inácio Larranaga

Maria revestiu o Verbo com sua própria carne, esse é todo o sentido e o cumprimento das palavras do anjo Gabriel naquele dia... Ela não foi apenas uma mãe simbólica, uma "gaveta", um "estojo", mas foi mãe no sentido verdadeiro de Jesus Cristo, Filho de Deus. Quando uma mulher dá à luz ela não gera a alma, mas nós dizemos que ela é mãe do bebê todo. Portanto, Maria, dando natureza humana ao que é divino, se torna mãe de todo o ser que gera.
Muitos protestantes ignoram que Lutero e Calvino não negaram o dogma da Divina Maternidade de Maria. Lutero escreveu:

"Não há honra, nem beatitude, que se aproxime sequer, por sua elevação, da incomparável prerrogativa, superior a todas as outras, de ser a única pessoa humana que teve um Filho em comum com o Pai celeste"
Deutsche Schriften, 14, 250
E Calvino:

"Não podemos reconhecer as bençãos que nos trouxe Jesus, sem reconhecer ao mesmo tempo quão imensamente Deus honrou e enriqueceu Maria, ao escolhê-la para Mãe de Deus".
Comm. sur I'Harm. Evang., 20
Está amplamente demonstrado na Bíblia que Maria é mãe do Filho de Deus:
Is 7, 14
Lc 1, 30-35
Mt 1, 18
Jo 2,1
Mc 3, 31-32
Gl 4, 4-5